Clones


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Uma Idéia que Rende Múltiplas Aventuras

A gente sempre ouve dizer que a inspiração para uma aventura de RPG pode vir de qualquer fonte. Para provar que isso é verdade, decidimos usar uma idéia muito interessante e aplicá-la na criação de aventuras nos mais diversos ambientes e sistemas de RPG.

A idéia básica saiu do romance de ficção científica Crompton Divided, escrito por Robert Sheckley. Nesse livro, um homem sofre de perturbações mentais, possuindo múltiplas personalidades. Porém, como elas são diametralmente opostas, a solução encontrada para curá-lo foi criar clones de seu corpo e colocar cada uma das personalidades num clone diferente. Assim, nasceram várias versões do mesmo homem, cada uma com uma personalidade.
Só essa situação básica já é suficiente para nossa aventura

A Guerra da Ascensão se acirra. A tecnocracia captura uma Capela importante e realiza um terrível "Procedimento" com seu líder. Divide sua essência vital em cinco e envia seus "pedaços" para o Cosmo. Porém, a força do Mago era tanta que essa energia se canalizou em cinco humanos diferentes. Agora, seus antigos companheiros têm sonhos proféticos e partem numa cruzada para reencontrar e reunir a essência de seu mestre. Uma cruzada mística que coloca em conflito magos jovens de várias Tradições, que devem se unir contra os enviados da Tecnocracia, para atingir o seu nobre objetivo.

Bom, já está na hora de terminar esse texto e acho que já demos nosso Recado. Taí mais uma prova de que uma aventura de RPG só depende de uma boa idéia. O resto é detalhe...

Até a próxima!
Bom Divertimento!

local original: Spell Brasil
nome original: desconhecido
autor(es): Luis Eduardo Ricon
tradutor(es):

 Navegação Rápida