As fendas temporais


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


A alguns que tem compartilhado e lido tais documentos, muitas das revelações aqui colocadas tem vos parecido ridículas e totalmente sem lógica, principalmente porque estamos pensando que a crença geral se tornou quase estagnada! Mas como é o espírito de todo documento misterioso, isso pode aparentar mais sem a única lógica.

Agora que você, apesar de todos os pesares, continua aí lendo, ou se simplesmente folheou as páginas e se interessou por isso aqui, prepare para algo mais pernicioso. É sobre as dimensões, o tempo e o espaço!

- Nada está definido! E porra, cadê aquele vinil da Sagração da Primavera que estava aqui! - Está aqui comigo!

- Traga-o para cá, não vê que nossa sessão está começando!

(Sérgio - vulgo Pássaro Perturba. Casa Anarquista em algum canto do leste europeu)

As fendas temporais e algum caso:

Mesmo em tempos como o nosso, em que adversários pensam que a guerra está toda definida, que as lutas findaram e que só resta a quem lhe vai contra sobreviver, coisas estranhas existem e continuarão a existir!

Sabe-se através da própria ciência, aceita como consenso mais filosófico do que outra coisa, que talvez o tempo só exista porque o homem pensa! Isso também nos leva a outra conclusão: o tempo é invenção pura e simplesmente nossa, então o inventamos a maneira que quisermos! Existem várias dimensões em nosso Universo, e também o espaço depende de transferências e crenças! É possível seguir o mesmo caminho, e as pessoas acharem que você tem multi-localização, ou apareça do nada, ou qualquer coisa assim.

Mas isso são assuntos que só introduzem o que quero realmente afirmar aqui! Se descobriu algumas coisas hoje em dia: está havendo entre os humanos dois aumentos: a ansiedade para com o futuro e o sentimento de saudade para com passados remotos, que muitas vezes nem lhe foi vivenciado, conhecido também como saudosismo!

Descobriu-se que com isso, da forma mais absurda possível, que desde meados dos anos 90, com certas repetições e atitudes algumas vezes tolas que lembravam o passado, que nesta dimensão acabaram se formando fendas temporais, que transferem pessoas em espaços tempos diferentes, conforme seus objetivos e tudo mais! Muitos daqui estão hoje no passado, outros estão já no futuro, percebendo isso ou não! Outros tem navegado em vários tempos ao mesmo tempo: há pessoas do passado e do futuro entre nós, e há entre nós eternos caminhantes sem um destino definido!

Pode ser que você não acredite, mas não acha estranho o culto do Atari 20 anos depois? Que a moda seja justamente a Boy band, que começou a existir na era da imagem oitentista com coisas como Menudos, A-Ha e todas estas bobeiras? O que me diz da sensação de que você não é daqui, e sim de outro local? Você tem certeza que também não sofreu o processo? Eu conheci uma fascinante farmacêutica, com todo o recato, que se sentia como uma medievalista! Só se fosse de outra dimensão, mas de qualquer forma era possível que ela fez parte do processo e nem desconfie do que anda ocorrendo!

Mas uma coisa é certa: todos que estão aqui ou que estão lá, o estão por causa de seus objetivos, ou pelo próprio desenvolvimento da pessoa! Desde os maias, até certas interpretações bíblicas malucas atuais, que se utilizaram de computadores e números, tem se notado que a era em que estamos vivendo atualmente é uma das mais decisivas de toda a história, e quando isso acontece, a fenda se forma e leva os que precisam e decidem resolver grandes questões! Alguns estão em níveis inferiores, outros superiores! 

Esse é o caso quase óbvio de um Cultista do Êxtase Clérigo Bardo, que naquela época era um Profeta de Cronos ainda. A sua busca eterna, desde o despertar, era a busca da deusa do Amor e de sua civilização!

Ele vivia entre os celtas, mas os mesmos estavam sofrendo o processo de cristianização! Ele era descendente de uma celta linda e reclusa, que era a principal druida da região, com um alquimista mouro andarilho que viveu um pouco, mas que foram entregues ao Santo Ofício acusados de bruxaria, quando o mesmo tinha 3 anos.

Ele começou a andar com um tio comerciante, e aos 5 anos foi entregue à uma escola hermética! Aos 15 anos, teve sua primeira visão, sobre a lua nova, a renovação e a necessidade do culto à criação e ao fogo interno dos desejos da carne! Um ciclo lunar depois, na lua nova, ela aparece: Lilith, pedindo a ele que leve a sua mensagem! Explicou detalhes de seu culto, que o anotou em seu transe!

Quando dois dias depois seduziu a baronesa mais bela e importante da região, que tinha um marido que boatos afirmavam ser brocha, e a levou a grudar seu corpo ao dela numa cachoeira afastada, e quando os dois se viram fascinados um pelo o outro, a ordem que o havia acolhido o expulsou junto a seus escritos, roupas e livros, mais um cajado modificado em flauta que ele havia confeccionado. Uma hora depois, foi o barão que começou à perseguir implacavelmente o pobre clérigo!

Ele acabou comprando mais um violão com a venda dos livros que ele agora sentia serem inúteis e vagou como andarilho, até achar um bando de artistas mambembes, que viram um no outro uma afinidade quase cósmica!

Acabaram se juntando, e aos poucos, cada um percebia seus talentos místicos! 5 ciclos lunares, ou 5 meses maia depois, eis que Elter finalmente despertara como Profeta de Cronos e começava a fazer parte de todas as atividades de seu louco e estranho grupo. Descobriu depois sobre as disputas de realidade e tudo mais, mas isso não era interesse nem de seu grupo, nem de boa parte de sua tradição! Seu bando era de mais ou menos 20 pessoas, quase todas despertas, mais um homem pássaro e agora um vampiro em busca do manuscrito da Alquimia de Sangue, para deixar de sua maldição, o qual  ele acabou encontrando depois de algum tempo, e acabou se tornando mais um profeta na turma! Havia Verbenas e Oradores, mais Akashicos independentes e talvez um cara que seria a proto célula da tradição ou ofício Enfemic ou Vazio.

Bem, o que interessa é que mais um ciclo lunar após o despertar, Elter Solarium recebe mais uma visão: ele vê uma mulher misteriosa, linda, sagrada, sábia! Ela diz que é nova, uma vez que nunca foi realmente cultuada, ou pelo menos da maneira correta. Explicou-lhe que ele tinha percebido e já cultuava uma de suas naturezas: o desejo, a paixão, o fogo abrasador tão declamado por tantos e que para ele era Lilith. Mas que ele precisava achar a outra natureza dela que era o Amor sob Vontade, Livre, sem o apego e sem o desespero! Que era a fogueira estabilizada e era o próprio equilíbrio do homem e princípio de criação de todas as coisas!

Sobre transe, passou três dias recebendo a sagrada personagem, à qual ele via o rosto, mas não lembrava, como se algo apagasse de sua mente e olhos, e recebendo também princípios de seu culto simples, mas difícil, pois era a própria busca de auto conhecimento e de seguimento da Vontade! Um pouco depois desfaleceu!

Ele passou um dia descansando e após isso , explicou sobre todas as suas visões, e que precisava achar o outro lado da deusa do amor, para talvez finalmente contemplá-la por inteiro, e compreender o sentido disso tudo! Precisava propagar sua sagrada mensagem, e que a própria civilização humana precisava talvez começar à compreender o Amor, para finalmente construir a Sociedade sobre seus princípios, inexistente em todas as eras de nossa dimensão! Pois a humanidade ainda se destruiria muito, e a salvação seria o próprio Amor. O romance astral e todos os seus lados! A compreensão da graça e da desgraça também, mas principalmente o inteiro e complemento, e não da metade!

Pedia aos companheiros se o acompanhariam! Aí, os mesmos, na boa, e entendendo do que se tratava, disseram que ele já estava preparado para seguir na arte sozinho! O caminho deles era outro, mas eles sentiam que se encontrariam de quando em quando, sem estresse! Fizeram uma festa de despedida e Elter caminhou!

Passou-se dois anos de compreensão intensa, dificuldades e descobertas. Pedia recomendações quando encontrava os companheiros, caminhava com um e outro, mas ao mesmo tempo só!

Mas não compreendia o porquê sua busca era tão difícil e o porquê sua visão do Amor atraíra tanta raiva de pessoas e instituições. Dizer que Deus era homem e mulher, que o Amor tinha duas ou mais naturezas, o calor do Amor humano era um gênio de aspecto comum, que a deusa era dúbia, e aparecia como homem para mulheres, e mulher para os homens, a graça do amor livre, a necessidade de acalento do corpo, o Amor Platônico Tântrico, a Amizade colorida e todos esses papos que até em nossos tempos nos deixam encabulados ou nos confundem, era para aquela população uma afronta!

Ele fugia de cidade em cidade, atraindo alguns e incomodando outros. Despertou muitos, pois o Amor precisava de interesse, intuição e sabedoria, que só podia ser buscada quando a pessoa percebia além do óbvio! Ele não catava todas as mulheres, mas só de conversar se fascinava por muitas e a muitas fascinava! Alguns maridos agradeciam a volta de vida de suas mulheres, outros ficavam putos com o fato de elas parecerem esquisitas se masturbando e os masturbando enquanto se banhavam!

Numa de suas fugas, ele viu um clarão no céu, que o fez desmaiar! Quando acordou, estava em uma cama numa loja de móveis! Teve de sair correndo quando abriram! Estranhamente, era 1964, no dia em que Bob Dylan tinha se encontrado com os Beatles e ofereceram o primeiro cigarro de Santa Erva para os caras, que modificou todo o som deles, e de certa forma ajudou a plantar as primeiras sementes de transformação!

Descobriu aos poucos que seus princípios eram defendidos nesta época, e as visões e vários lados da deusa finalmente apareciam, ora em seus sonhos oníricos e visionários, ora nas belas mulheres que começavam a mostrar pernas e outras partes do corpo com a mistura de desejo e inocência! Ele via Lilith e sua estranha visão nelas!

Aprendeu muito mesmo! Acompanhou a Swinging London e um dia encontrou Sid Barrett, famoso e importante Cultista. Ele simplesmente o olhou nos olhos e disse:

_Teu ponto final ainda não será aqui! Essas pessoas ainda estão começando a aprender sobre o que busca! Quando elas se confrontarem com o que realmente acontece, recuarão! Isso me entristece muito, pois sei que viverei só parte da transição! Ou não, mas aí, muitos acharão que enlouqueci! Estou bem, mas sinto que me cansarão logo! Acho que receberei verdades que talvez nem eu agüente, mas sou metido a carregar cruzes maiores que minha pessoa, então acho que sofrerei conseqüência disso! De qualquer forma meu caro, a sua deusa lhe trará mais surpresas! Quando nada disso aqui lhe fizer mais sentido, você vai acabar em outro local, e perceberá outros lados! Tu és um privilegiado, viajante do tempo e espaço, e teve sorte de sua extravagância fazer sentido aqui! Você sentiu tanto preconceito em seu tempo, agora pelo menos o preconceito que sentes é conjunto, e não individual! Os loucos já são maiores, mas ainda muito poucos! Logo perceberá isso, mas encontrará outros!

Elter sentiu que era a própria deusa lhe falando, pois ele olhava com insanidade, mas sabedoria! Sua face era a mesma de quando ele mesmo recebia a mensagem dela, e ele viu coisas estranhas! Conheceu ainda outro navegante dos mundos, Ian Anderson, que tinha percebido destruições astrais por parte da tecnocracia e descobriu formas de ultrapassá-las. Era amigo de elfos, duendes, gnomos e fadas. Percebeu que a música de sua época, principalmente os estilos psicodélico, chamada música experimental, o futuro alternativo e o atual (naquela época) rock progressivo, eram capazes de fazer e fugir de tempestades avatares em várias épocas!

Ele viajava muito entre passado e futuro, e criava sons interessantíssimos! Sid também era um desses, e reanimava seu grupo mesmo quando estava já fora dele! Ele conseguia fluir idéias na cabeça de Roger Waters, e no corpo dos outros. Roger era Vazio e interpretava as estranhas linguagem do espírito de Sid que o aparecia em sonho até 1977, com Animals, e quando o próprio ficou com medo incrível de enlouquecer! Em 1979 saiu de The Wall, fruto da auto-análise de Waters.

Outros foram ensinando outras coisas, outros lados, mas em 1973 Elter começou a perceber o que Sid lhe havia dito! Neste mesmo momento a misteriosa mulher lhe aparece, em uma viagem de LSD (Elter a essa altura experimentara os cogumelos, a maconha e o LSD, recusando o resto, mas antes de tudo tinha aprendido sobre Tantra, Meditação transcendental, Yoga, alimentação energética, e tantas outras piras energéticas):

_Teu tempo aqui se findou! Um outro Syd acabou de cumprir seus objetivos, é um avatar! Ele tem coisas a te mostrar, e você já teve as lições daqui! Você pode o ensinar muito, mas ele tem muito a te mostrar! Você pode ter visto os meus lados, mas falta meu complemento! Você também deverá ajudar a Civilização do Amor, e como percebem não é agora que ela surgirá entre nós! Você fará mais importância depois! Precisa perceber o Romance Astral, o Platonismo misturado ao Tantra, e até quebrar os retornos que tem surgido na época em que te mando agora! Queres que eu conduza ao portal, ou nada queres ver? 

_Por que me permites isso agora? 

_Você não é mais o moço de antes, apesar de sua idade não ter se modificado tanto! 

_Me apague! Ah, e acho que não posso lembrar de tudo daqui, não é? 

_Isso é verdade! Te deixo com as lições, mas esquecerá muitas experiências! Redescobrirá tudo novamente, se quiser. Ah, o corpo em questão se afastou muito das pessoas, mas você entenderá porque! Perto do que enfrentará, essa era é até fácil! 

_Tudo bem!

Quando Elter Solarium acordou novamente, estava acordando num limbo e foi recepcionado por Syd Barreth:

_ Bem, meu caro, eu não posso mais ser carnal! Desde que participei de uma montagem de arte experimental chamada Artedonda II., percebi que meus graus de sabedoria se elevaram muito! Se eu forçasse meu corpo a me conduzir aos próximos níveis, eu me perderia junto com ele! Estamos na imaginação, e a princípio nos nascemos em 1979. Somos mente e espírito antes de tudo, e como a era é estranha e se torna complicado algum corpo surgir do nada, você corporalmente é uma outra pessoa! Ele pensou sobre você, e percebeu aos poucos que você viria! É desperto que nem nós, somos parte de sua consciência! Mas agora você é mais ele, e você receberá diretamente as lições dele! Procura o Amor, então é você! Tem caracteres de mistura como você! Também me receberá, mas quando as questões forem confusas demais. Mas conversarei contigo de vez em quando! Aliás, tuas experiências serão mais sensações, pois na verdade você é ele! Você será a imaginação dele, assim como eu fui e sou! Não tema, você aprenderá assim também, talvez até mais ! E eu estou por aí, então apareço!

Desde então ele tem vivido em nossa estranha época! É ativista cultural hoje em dia, e pratica seu antigo ofício de menestrel e clérigo como Xamã Urbano, Filósofo das Ruas, praticante de Contracultura, estudante de Psicologia (que tem gerado muitas dúvidas em sua cabeça, pois é interessante, mas ele detesta os métodos e a possibilidade de ser um igual, segundo sua visão), entre outras coisas!

Tem descoberto muita coisa, e antes de tudo lhe é exigido vivência em uma cidade estranha e difícil!

Mas isso mostra outra característica estranha: muito de nosso saudosismo, ou até de nossas lembranças de locais e épocas que não vivemos, podem ser conseqüência dessas personalidades que precisam viver entre nós! Elter teve sorte de conviver com um desperto, que tem consciência de que tanto ele quanto o Syd serem ao mesmo tempo parte e a parte dele.

Mas em parte ele surge da necessidade do próprio cara, uma vez que para esse desperto o Amor é a causa de todas as coisas e talvez o aprendizado supremo! Para Elter foi difícil achar musas em nossos tempos e os sinais da deusa numa cidade Nephandica e Dominus Christi. Mais ainda para seu corpo externo!

Mas os dois como um, depois de muito brigarem com a cidade fizeram algo insano: conversaram com ela e tentaram compreendê-la! Desde então perceberam que seus maiores defeitos (da cidade) se encontravam em seus filhos, e não nela! No dia, Elter foi presenteado pela visão dos deuses e o sorriso de Monalisa proporcionado por dois cogumelinhos somente comidos! Os toques da deusa vieram, o movimento Contracultural finalmente achou seu espaço para inícios de manifestação, e até a adaptação veio! Ainda hoje ele paga as conseqüências de seu início estranho com a cidade, mas no geral o segundo semestre se mostra mais promissor que o primeiro!

Sei que é difícil acreditar em pessoas vivendo em várias épocas, e pior em certas pessoas vivendo entre nós como imaginação por causa de um paradigma tão podre! Tanto que só os artistas, os Místicos, os que compreendem C.G. Jung e os considerados loucos podem perceber esse movimento! Os outros só sentem saudades, sem entender o porquê!

Elter pressentiu o futuro! Muitas de suas viagens em estados alterados de consciência lá foram para quando e se talvez existir a sociedade do Amor! Segundo sua visão, é aqui que ela está sendo construída, por isso até gosta de nossa época, tem esperanças e antes de tudo resolveu viver aqui! Quando tem saudades, é de sua vivência na renascença psicodélica (meados dos 60, 70), mas principalmente do futuro, quando tudo poderá ser mais simples e pensaremos em viver, e não somente em sobrevivência! Pensa sim, nos novos céus e novas terras, aqui mesmo, e pensa em outras dimensões! Trabalha num museu, com uma interessante velhinha que ele não sabe se é órfã ou uma corista muito doida, ou somente uma pessoa bastante experiente!

Não é crível tudo que é dito aqui? Essa história de viagens e fendas temporais são loucura? Saudade é só criação da mídia? Mas então por que a tecnocracia está fazendo a gente perder tanto tempo sentindo saudade, se isso atrapalha o culto da tecnologia que deve haver em sua realidade? Isso está mal explicado!

Converse contigo! Vê se não há nenhum Elter escondido aí! Ou uma Haina, ou uma bruxa perseguida pela inquisição! Vai saber... Talvez esses personas sejam até nossas antigas existências só podendo resolver coisas conosco mesmo! Tudo é possível!

Gilberto Barros (Mago Cultista do Êxtase estudante do estranho - Santa Catarina - Brasil)

local original: Page of Mirrors
nome original: Coisas do elter
autor(es): Lagarto Alienígena
tradutor(es):

 Navegação Rápida