Paradigma do Coro Celestial


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


O Paradigma

A Canção: O todo da criação é uma grande Canção, cantada por tudo que existe em exaltação ao mais Alto. Todo acontecimento leva a presença de grandeza do Uno, embora nossa compreensão limitada nem sempre torna isto aparente. Aquilo que parece ser mau, desarmônico ou erros na Canção realmente são uma parte necessária da música e formam contrapontos de escuridão e contrastes nos temas bonitos. Nós temos que nos esforçar para cantar junto com a Canção, temos que harmonizar vozes diferentes, e temos que ajudar tudo o que faz parte da criação à se unirem harmoniosamente em um final glorioso.

Mágika - Milagres: Embora a grande Canção siga suas próprias leis, o Uno nos ama tanto que nos permite improvisar, dentro de certas restrições. Uma pessoa com muita fé pode superar as regras normais e pode executar milagres. Não foi Jesus que disse "Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e fará outras ainda maiores, porque eu vou para o Pai". (João 14:12)?

Arete - Fé: Todos a mágika origina-se da fé. A Fé em você, a fé na mágika e a fé no Uno. Alguns dizem que o Uno dá maior perspicácia aos fiéis conforme sua fé aumenta. Outros dizem que a fé cresce conforme o mago vai aprendendo mais sobre a criação, e vem a perceber como o Uno é todo-poderoso e sempre presente. Ambas as explicações são apenas racionalizações, a fé está além da lógica.

Quintessência - A Essência: Tudo o que existe é feito da Essência divina. Para criar o mundo o mais Alto teve que moldá-lo à parte de Si mesmo e infundi-lo com poder divino. Esta Essência está escondida dentro de tudo e dando existência e beleza.

Paradoxo - Dúvida: A dúvida é muito presente no mundo de hoje. Um mago que duvida de sua fé perderá o controle sobre ele, e testemunhas duvidando podem atrapalhar o som da canção . Quando a dúvida aparece, ela é geralmente usada por forças obscuras que buscam prejudicar ou desviar a pessoa incerta. Porém, este é outro teste necessário para nossa fé.

O Despertar - A Visão. Para vir completamente a fé, uma pessoa tem que ter a Visão do Uno. Há uma grande diferença entre acreditar no mais Alto e de fato experimentá-Lo. Depois disso, o mago constantemente estará atentos para a Presença Divina no mundo.

Esferas

Correspondência: Onipresença. As distâncias são uma ilusão. Tudo existe no mesmo lugar, na unidade total do Uno que é onipresente. Da mesma maneira nós podemos perceber ou podemos estar presente em lugares distantes para esplahar a fé.

Entropia: Desarmonia. Embora a maioria do mundo esteja em harmonia quase perfeita, desarmonias estão em todos os lugares. Quando algo não está perfeitamente harmonioso, a desarmonia crescerá lentamente até que seja destruída. Mas nós podemos curar tal dano, ou dirigi-la à alvos que deveriam ser removidos para o bem maior.

Forças: Luz e Fogo. A Luz foi a primeira de todas as criações, para apoiar e manifestar o poder do Uno. As grandes forças da natureza são lembranças do enorme poder possuído pelo mais Alto, e como nós somos minúsculos perante ele. Mas ao mesmo tempo, ele nos ilumina e nos esquenta mostrando o quanto nos ama. Por meio da fé e disciplina nós podemos ter algum controle sobre estas forças, esparramando a fé e protegendo o crente.

Vida: Benção. Toda a vida foi criada à imagem do Uno. Assim como o universo é a casa para a alma do Uno, o corpo é a casa para a alma das criaturas e plantas. Assim como nós trabalhamos para curar o universo, nós também aprendemos a curar nossos próprios corpos, e o dos outros. Porém não perca seu tempo tentando imitar o milagre da criação. Este é o domínio do Uno. Estas pobres criaturas são pobres de espírito, e na pior das hipóteses são uma casa para espíritos malignos adentrarem.

Matéria: Criação. O mundo é a arte do grande Criador. Da mesma maneira como foi criado, nós podemos tentar criar algumas coisas em menor escala contanto que permaneçamos humildes e conscientes de que nossos trabalhos não são nada comparados à grande Criação.

Mente: Vontade. Da mesma maneira que nós nos curvamo-nos perante a vontade do Uno, nós podemos fazer com que outros venham a seguir nosso ensinamentos. Somente reverenciando à Vontade Divina este poder pode vir a aumentar, porque esta é a verdadeira vontade do Uno para aqueles que o adoram. Não abuse deste poder, porém. A livre escolha é um presente dado à todas as criaturas do Uno, e somente por escolha alguém pode alcançar a graça. Não é nosso direito privar-lhes disto.

Primórdio: A Presença. Esta é a última esfera, a esfera que cerca e aperfeiçoa as outras esferas. Sem a aprovação do Uno, nenhum milagre seria possível. Tudo o que nós fazemos, fazemos sob a permissão do Uno. Algumas tradições acreditam erroneamente que eles controlam a Essência que flui pelo mundo; este é seu pecado de Orgulho. É impossível controlar a Presença, ela age com o amor do Uno.

Espírito: Os Anjos Mensageiros. Ao lado da espécie humana, há muitos outros seres que servem ao Uno e agem como mensageiros do mais Alto, nos ajudando e nos mostrando o caminho para a harmonia e unidade. Mas existem também seres mentirosos que não entendem a sua parte na Canção e falsos mensageiros que servem as forças sombrias da desarmonia e da destruição. Purificando nossas almas nós podemos alcançar os mundos mais elevados e podemos contatar os mensageiros, ou até mesmo viajar com eles. Mantendo a sabedoria e pureza dos mensageiros em nossos corações, nós podemos superar as forças sombrias e expulsá-las.

Tempo: Oniciência. O Uno sabe tudo, e tudo aquilo aconteceu, o passado e o presente, são um livro aberto à sua frente. Em tempos de necessidade, ele pode nos conceder visões do futuro ou passado. Mas não pense que isto invalida nossa liberdade de escolha, apesar do Uno nos mostrar o que está por vir ele sabe que podemos tentar mudar isto, a escolha ainda é nossa.

Antecedentes

Arcano: Proteção. O Uno protege seus seguidores, não pela violência ou astúcia mas pela humildade. Um mago protegido será ignorado, não será visto, contudo será capaz de agir e trabalhar.

Avatar: Anjo da Guarda. Algum magos são santificados com o poder dos Anjos da Guarda. Eles estão em contato mais íntimo com os reinos mais altos, e podem conceder poder e sabedoria na busca do mago.

Destino: Os Escolhidos. Estes são as pessoas escolhidas pelo Uno para cantar partes especiais da Canção. Alguns executarão ações gloriosas para apresentar novos temas ou resolverão desarmonias aparentes. Outros cantarão despercebidos mas ainda influenciando o curso da Canção.

Sonho: Presentes. Às vezes o Uno envia visões ou ajuda ao crente que necessidade, como o Dom das Línguas que foi dado para os apóstolos.

Nodo: Lugar santo. O Uno está presente em tudo, mas em certos lugares o poder divino é mais evidente que outros. Tais lugares santos são como santuários para o crente e inspiração para os místicos.

local original: Anders Mage Page
nome original: Celestial Chorus Paradigm Page
autor(es): Anders Sandberg
tradutor(es): Winter

 Navegação Rápida