Oráculos


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Oráculos Desauridos existem. Muito mais do que qualquer mago pense. Pode ser até mesmo possível que a mentalidade dos Oráculos seja assim, tão distante da humanidade em geral porque talvez todos sejam Desauridos de qualquer forma.

Medea (veja Book of Madness) é conhecido por muitos investigadores, mas muitos na Tecnocracia já ouviram relatos de que um Filho do Éter Desaurido se tornou o Oráculo conhecido como Dr. Vorstead. Numerosos membros dos Filhos do Éter, Adeptos da Virtualidade, e da Iteração X foram atraídos pela avançada visão de Vorstead da harmonia mundial.

local original: Anders Mage Page
nome original: The Marauders Papers
autor(es): DJ Babb
tradutor(es): Winter

 Navegação Rápida