Ladra Profissional


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


História:

Você era órfã. Nunca conheceu seus pais. Apenas se lembra de crescer num orfanato de freiras católicas a sua infância toda, aprendendo religião e a ler e escrever. Isso a entediava. Foi então que, aos 13 anos, conseguiu fugir do orfanato. Passou a viver então na rua, entre marginais e todo o tipo ruim de pessoa, aprendendo a roubar e a sobreviver na cidade sem morrer em qualquer esquina. Uma mulher nesse tipo de vida geralmente acaba se dando mal, e se não fosse Peter, isso se aplicaria a você. Peter era um velho mendigo, que vivia numa esquina. Quando Peter lhe encontrou, passou a ajudá-la. Ensinou a você como roubar e se esconder do perigo. Você então ficou muito grata, e passou a cuidar dele. Ele era seu melhor amigo, seu avô. Mas um dia ele ficou doente. Você fez de tudo para ajudá-lo, com o dinheiro que roubava, comprava remédios, tentou até trazer um médico, mas nada deu certo. Uma semana depois ele morreu. Obstinada, frustrada, triste, você passou a se empenhar nesse negócio de roubo e, num golpe de sorte grande, conseguiu arrumar dinheiro o suficiente para conseguir um apartamento. Investindo em recursos, você se tornou uma grande ladra. Se tornou uma grande mestra, e, observando, conseguiu se tornar conhecida entre esse ramo. Famosa, é requerida nos roubos mais ousados e importantes. Hoje, vive razoavelmente confortável em seu apartamento novinho, e sabe desde falsificar documentos até roubar jóias.

Conheceu aos 17 anos, um velho que lhe ensinara a lutar Kung Fu, no estilo da cobra, em troca de conseguir, para ele, um artefato importante. Uma estátua do Buda, de um metro e meio. De ouro. Você conseguiu a estátua. O velho lhe ensinou, por 3 anos, como lutar e Ter disciplina própria. E hoje você pode derrubar qualquer um com golpes rápidos e doloridos. Recentemente, o seu mestre desapareceu. Você pretende investigar o porquê disso, pois, além de mestre, ele era seu amigo.

Moradia e Estilo de Vida:

Você mora num apartamento bem cuidado, num bairro residencial, no centro da cidade. Tem uma gata preta como companheira, e às vezes você brinca ser a "mulher-gato". Trabalha à noite, de dia geralmente estuda (Tem muitos livros em casa, você gosta de saber as coisas) e dorme. Pode arrumar, em poucas horas, um passaporte e um teto para qualquer lugar do mundo. Seu apartamento fica no último andar de um prédio, e um sistema de roldanas permite que, no térreo, você fuja para o prédio ao lado se preciso. Tem muitos contatos e a informação que quiser.

Interpretação:

Sim, sua vida é perigosa, mas e daí? Viver a vida, curtir a morte. Roubos não são problemas para você. É tudo muito profissional. Não que você seja má: Você apenas rouba ricos e poderosos, eles merecem. Muitas pessoas não têm nada e eles têm de tudo. Isso é injusto, e roubando deles, você está "equilibrando" um pouco a situação. A disciplina do kung fu lhe ensinou a ser forte por dentro e por fora. Você é esperta e ágil. Pode lutar se for obrigada, e muito bem. Pode armar armadilhas, o que for. Sua sobrevivência é sempre garantida no final. Pode realizar qualquer trabalho, você ganha de acordo com a dificuldade e a grandeza do negócio. Sabe olhar no fundo dos olhos dos outros e discernir a mentira da verdade, e provar sua superioridade apenas com o olhar. Você se garante, para não ser passada para trás... E tem confiança em si mesma. Pensamento positivo. Quase arrogante...

Mote:

"Sou a melhor ladra que você conseguirá encontrar! Acredite, posso fazer coisas que você nem sonharia! Hum... Vamos ver... Invadir um museu... Driblar os sistemas de segurança...Despistar quatro ou cinco seguranças... Roubar um quadro de... Quanto? Uau, Trezentos mil dólares! Fechado! Agora, meu caro, vamos discutir o preço...

Objetos Pessoais e Características Físicas:

Você tem cabelos negros e longos, geralmente amarrados num rabo de cavalo. Seus olhos são azuis, muito fortes, e seu rosto é pálido e bonito. Seus movimentos são como o de uma gata, e seus golpes, quando preciso lutar, são rápidos, poderosos e precisos. Você usa, no "trabalho", uma roupa ninja preta (Roubada) que deixa apenas seus olhos de fora. Também tem ferramentas de ladrão, binóculos de visão infravermelha/noturna, uma magnum .44, 150 dólares no bolso, junto com algum passaporte para fora do país e uma identidade falsa. Tem uma moto Suzuki, jaqueta preta e 10 metros de corda.

local original: Grupo de notícias Mednet
nome original: desconhecido
autor(es): Moisés Andrade Júnior
tradutor(es):

 Navegação Rápida