O Despertar


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


O despertar é um momento de claridade, de uma visão total, algo muito difícil de ser descrito com palavras, como se a explicação do universo ficasse visível sem dar tempo de raciocinar, é um sentimento único e parece mudar de mago para mago.

Durante o despertar o mago possui um potencial enorme e difícil de controlar, tão poderoso que talvez ele nunca mais consiga reproduzir esse potencial, gerado pela experiência do Avatar. Esse fenômeno conhecido como “Talento Selvagem” não é imune as ações do Paradoxo.

Depois do Despertar a sua vida nunca mais serà a mesma. Você percebera coisas diferentes, os seus amigos vão te achar estranho ou vão acreditar que enlouqueceu. Os seus poderes estão aflorando e o Mago deve aprender a controla-lo. Em resumo a vida nunca mais serà a mesma.

local original: Playerstool
nome original: desconhecido
autor(es): Grim
tradutor(es): desconhecido
revisor(es):  

 Navegação Rápida