Gafflings


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Os espíritos mais baixos - servos semiconscientes ou inconscientes dos Jagglings. Eles costumam ser usados como ferramentas por seus mestres e pelos Incarna, que não os consideram seres inteligentes. Os Gafflings são usados para conferir poder aos fetiches dos Garou e para enviar mensagens através da Umbra. Eles se mantêm em comunicação constante com seu padroeiro, permitindo constantemente que ele assuma controle absoluto deles. Muitos Gafflings sentem-se mais "completos" quando permitem que seus padroeiros os dominem.

Alguns Gafflings são totalmente inteligentes, mas esses são exceções, sendo na maioria das vezes obra de misteriosas forças superiores. Os Garou interagem com os Gafflings mais que com qualquer outra espécie de espírito. Os Gafflings podem ensinar Dons aos Garou e ser aprisionados em seus fetiches.

local original: Lobisomem - O Apocalipse
nome original: O Mundo Espiritual
autor(es): desconhecido
tradutor(es): desconhecido

 Navegação Rápida