Eutanatos


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Cidade de São Paulo… prédios altos, ar pesado e impuro; sufocante. Passos rápidos e certeiros… o medo te assola. Um grito! Seria outro ladrão? Mais uma vida inútil se esvaindo? Sentidos aguçados, incerteza na visão. Uma sombra, alguns carros, rostos estranhos. A noite é fria e traiçoeira.

O labirinto de ruas te confunde a cada instante. O cheiro da morte te persegue. Os pobres jogados na calçada te olham… eles querem o que você tem, por mais que não valha nada.

Quanto vale a sua vida? Acordando cedo para trabalhar como um imbecil, com pouco retorno… Você não quer ir para casa, ter mais problemas, apenas um bar te consola.

Fugindo da realidade, fugindo da sua vida. Olhos em suas costas. Uma cerveja, pessoas como você querendo companhia e liberdade. Mas a recompensa nem sempre é certa.

Você sabe que eles estão lá, te observando, sabem a sua hora, sabem quando todo aquele sofrimento vai acabar. Sabem que terá outra chance, e mais outra se preciso for. Mas você se agarra ao seu mundinho fútil e tenta continuar caminhando. Não pode ficar parado, não pode deixar de existir. Você tem muito o que fazer, mas tem que fazer logo!

Eles sempre estarão com você… com todos… cumprindo o seu dever.

local original: Truth Until Paradox
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es):

 Navegação Rápida