Filhos do Éter


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Sonhos para um futuro melhor

 

Por muito tempo a humanidade tem tido sonhos.

E tudo que nós fazemos é para realizar esses sonhos.

Assim são os Filhos do Éter, sonhadores acima de tudo.

Por alguns chamados de cientistas.

Por outros chamados de loucos ou obcecados.

Mas os Filhos do Éter apenas acreditam que (por intermédio da ciência ou da loucura) eles podem realizar sonhos com suas fabulosas máquinas.

Porque quando sonhamos, criamos asas e então voamos.

Nem que for para o Sol.

Nem que for para o Sol derreter a cera de nossas asas.

Quando sonhamos só nos resta voar.

local original: Truth Until Paradox
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es):

 Navegação Rápida