Linhas de Atuação da Feitiçaria


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Os poderes dos Feiticeiros são divididos em campos que a mágica atua. A esses campos foi dado o nome de Linhas de Atuação (pelos Feiticeiros da Mão Direita. Essas Linhas são semelhantes às Disciplinas dos vampiros, pois causam efeitos notoriamente sobrenaturais e não provocam nenhum efeito colateral como o paradoxo dos Magos verdadeiros.

Teoriza-se que a feitiçaria faz parte de um pacto, ou acordo, que permite ao Feiticeiro usa sua alie sem interferência. Outros acreditam que a energia mística de um Feiticeiro e de um Mago é a mesma, mas aquela usada na Feitiçaria faria um trajeto de forma mais sinuosa, justamente para evitar os meandros da rede do Paradoxo. Essa seria a razão pela qual a Feitiçaria seria muito mais fraca se comparada a Mágika

No final das contas, ninguém sabe ao certo como funciona esse poder. Os Feiticeiros repetem suas fórmulas e elas funcionam e é justamente isso que interessa a eles. Um Feiticeiro tem muita dificuldade para entender o conceito de um efeito mágiko qualquer que seja improvisado ou modificado no momento. Paro eles tudo depende de multo estudo, pesquisa, memorização de fórmulas, rituais e frases especificas, que constam em livros antigos ou são ensinadas por seus mestres.

local original: Revista Dragão Brasil
nome original: Feiticeiros
autor(es): Rogério Saladino, revisado por: Gervásio da Silva Filho
tradutor(es):

 Navegação Rápida