Paradigma da Irmandade
de Akasha


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Nota: Quando possível, eu usei termos Ocidentais para descrever conceitos Orientais. Quando isto não foi possível, eu tentei incluir tanto a terminologia japonesa quanto a chinesa. Estes conceitos são encontrados em muitas sociedades Orientais, e eu peço desculpas por muita falta de familiaridade com a cultura de outras grandes sociedades do leste. A propósito, assim como eu, os livros de Mago geralmente se baseiam em termos japoneses, apesar do fato de que muitos destes conceitos não foram desenvolvidos pelos japoneses e sim incorporados de outros países, ao contrário do que muitos moradores da ilha afirmem. Até mesmo a expressão Dô é um termo japonês para expressar "O caminho". Se a Irmandade de Akasha é tão antiga quanto parece ser, uma explicação razoável para o uso deste termo possa ser o fato de que nos últimos anos (1500 DC para cá) foram os japoneses que aperfeiçoaram as artes-marciais. Isto implicaria em uma evolução do Paradigma para a forma em que ele é apresentada hoje.

O Paradigma

O Caminho*, Meio* ou Método* Correto: Existem coisas, e um Método Correto de se fazer todas as coisas. Existe um método de pintar e o Método Correto de pintar, existe o método para se atirar uma flecha e o Método Correto para se atirar uma flecha. Existem os métodos a seguir e o Método correto a seguir; seu treinamento em Dô ensina a você o Método de realizar a mudança, bem como o método correto de lutar. O Dô é muito mais que isso, mas você deve entender a existência do Método Correto antes de prosseguir em sua Estrada. O Método de se fazer uma coisa é fazê-la de forma correta, com a mente, corpo e alma agindo como um só e trabalhando juntos para atingir o mesmo objetivo. Os mestres devem escolher seus Métodos o tempo todo, não importando que seja para pintar, atirar com arco ou praticar o Dô.

O Meio correto de se realizar o Dô - Foco: Este Método não é mágika, entretanto muitos o chamarão disto. Um estudante de Dô é um praticante de artes marciais talentoso com a habilidade natural, ou desenvolvida por treinamento intenso, de alcançar o Método de Agir. Mente, corpo e espírito estão em harmonia um com o outro e com o universo da mesma forma, e quando isso acontece, uma pessoa é capaz de grandes feitos: saltar grandes distâncias, antecipar as ações de outros, romper objetos inquebráveis e muitos outros feitos. Para tudo existe um Método desde que você aceite que isto possa ser feito e concentre-se nesta meta.

O Método da Feitiçaria - Mágika: Existem muitas outras pessoas , neste e em outros mundos, que podem conseguir realizar grandes feitos mas não seguem o Método correto. Eles fazem Feitiçaria e Mágika. Seus métodos são diferentes e muitos . Não feche sua mente para as muitas possibilidades

Arete - A Estrada: Cada membro da Irmandade de Akasha tem seguido sua própria estrada de conhecimento e auto-descobertas. Nesta estrada cada um aprende muito sobre si mesmo, sobre os outros, e sobre o mundo. O progresso na estrada é medido pela quantia de harmonia entre mente, corpo e espírito. No fim da estrada reside o Esclarecimento.

A habilidade em Dô não é o Caminho, é só uma parte dele, é apenas uma ferramenta usada pelos mestres para ensinar certas habilidades para os seus Discípulos. A proeza física pode ser facilmente aprendida e dominada com a prática. Muito mais difícil de harmonizar são a versatilidade da mente e o poder do espírito. Os mestres de Dô são geralmente iguais se comparados fisicamente; é o desenvolvimento mais sutil da Força de Vontade, malícia (Raciocínio), e Inteligência que determinará o resultado de qualquer confronto entre eles.

Quintessência - Ki, Chi : A força que flui e liga o universo e que pode ser canalizada com o foco específico. É por isso que você deve aprender a sentir o Ki dentro de você mesmo e no mundo. No mundo você encontrará lugares onde o fluxo é muito forte, gerando até mesmo fontes. Estes são lugares de grande importância no mundo. Você deve meditar em lugares como estes. Isto o ajudará e muito a concentrar-se.

Paradoxo - A Ação Incorreta : se uma ação é feita sem a concentração necessária, existe a possibilidade de erro. Geralmente os erros transformam-se em uma Fraqueza, e a Fraqueza o expôem as conseqüências de sua ação incorreta. Às vezes um oponente aproveitará-se da oportunidade. Talvez o universo tente negar seu sucesso e você acumulará Karma Negativo. Em última instância, é seu fracasso que permitirá aos outros lhe prejudicar. Não falhe!

Ascensão - Esclarecimento: O esclarecimento: Esta é a meta de seus estudos, a harmonia total do corpo, mente, e espírito. Quando você alcançar o Esclarecimento, você terá dominado o Método. Você entenderá verdadeiramente quem e o que você é, e o seu lugar no esquema das coisas. Dizem que os Mestres são capazes de grandes feitos. Também dizem que os Mestres alcançaram uma grande sensação de paz e de harmonia com todas as coisas. Esta é a meta do Dô, e é este o Caminho.

Esferas

Correspôndencia: Distância: O maior segredo para ser bem sucedido em um combate é controlar o espaço e distância. Em uma luta desarmada, fique fora do alcance da arma mais longa de seus oponentes, a perna. Em uma luta com armas, fique além do comprimento dela. Se você luta com armas de fogo, fique além do alcance delas. Se você luta com exércitos, o controle das estradas e terrórios é essencial. O jogo de xadrez nos ensina isto, forçar o oponente a cometer erros para que ele não possa se defender ou controlar adequadamente seus domínios. Pessoas de grande habilidade tem domínio e controle da Distância que elas necessitam atravessar e quanto tempo isto levará.

Entropia: Fraqueza: Nada neste mundo é perfeito, inclusive você. Você deve esforçar-se para expulsar de si mesmo toda a fraqueza. Quando você fizer isso, você alcançará a Iluminação. Outros tentarão aproveitar-se de sua própria fraqueza e da que existe em todas as coisa.
Karma, Joss: Destino, neste mundo, não se pode contar com ele, mas ele pode ser influenciado.

Forças, Matéria: Os Elementos: O Antigos acreditavam que o mundo era feito de cinco elementos: Terra, Fogo, Água, Ar, e Nulo. Você pode se aproveitar do poder dos Elementos em sua vida enquanto você segue o Caminho. Conheça o Sol e a Lua. Estude o Caminho* da Tempestade. Medite sobre o oceano, e escute o poder das ondas. Você pode usar este poder como um bom Foco.

Vida: Corpo: Todos os seres vivos têm um corpo, as plantas, os animais, as árvores e as pessoas. Quando você entende o corpo de uma criatura você entende sua vida - como ele pode se mover e como ele não pode se mover, como ele pode ser ferido e como ele pode ser curado

Mente: É o trono da consciência e das ações inconscientes. É a fonte de Foco e de Vontade. Você deve rigorosamente treinar a sua mente para esta conseguir Focalizar-se melhor. Se você entender as mentes dos outros, você pode vislumbrar seu Caminho*. Compreensão profunda leva a habilidade profunda; é por isso que você deve estudar e treinar sempre

Primórdio: Ki, Chi: Existe um fluxo para todas as coisas, um ciclo de vida e morte, de respirar e expirar, de yin e yang, in e yo. Ligando este ciclo e preenchendo-o está o Ki. Ki é energia, e é muito mais. Você deve aprender a sentir o fluxo de Ki dentro de você mesmo, e através dele o mundo. Isto é essencial para saber o Dô e para dominar os Elementos. Aprendendo a dominar Ki você poderá se aproveitar de seus próprios poderes e os poderes do universo.

Espírito: O estudo do Espírito é o estudo da emoção e da essência interna. Quando você aprende sobre si mesmo através das tentativas de Dô, você se torna ciente de seu próprio potencial, e do potencial do universo. Existe um reino de espíritos além de nosso mundo, habitado por nossos antepassados, kami, demônios, e muito mais. Aprender sobre o mundo dos espíritos é uma tarefa difícil, pois existe muito para se aprender. Os espíritos podem ser úteis ou vingativos, bons ou mals ou algo entre isso. Você encontrará com eles em suas viagens; quanto mais você souber sobre eles, mais fácil você será capaz de sair de seus encontros com sabedoria e não com "pancadaria". O mundo dos espíritos é refletido dentro de você. Medite sobre ele a patir de agora.

Tempo: Nosso conceito de Tempo não é o mesmo dos ocidentais. Para eles o Tempo é uma coisa mensurável, sendo quebrado em unidades e unidades menores ainda para regular suas vidas. Deste modo não tem nenhum significado, e se torna fútil. O Tempo é infinito e é para sempre. Como você pode dividir o infinito? O Tempo é como um rio corrente: sempre passa, às vezes mais rápido, às vezes mais lento. Você deve aprender a ver o rio, o rio inteiro em sua totalidade. Quando você puder entender todas as variações na corrente deste rio você pode controlar o que você pensa sobre ele. Você pode diminuir a velocidade dele de forma que você possa agir mais rápido. Você pode vislumbrar o passado, e as possibilidades do futuro. O mestre do Tempo pode até mover-se além dele...

*A palavra original para este termo é "way", que pode significar entre outras coisas caminho, método, forma, maneira, jeito e meio. Eu resolvi usar as expressões Método, Modo ou Caminho, e por isso em algumas partes a tradução se torna estranha.

local original: Anders Mage Page
nome original: desconhecido
autor(es): Tetsu
tradutor(es): Winter

 Navegação Rápida