Iteração X


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


"A carne é fraca. Máquinas são perfeitas. Só quando o homem emular e aceitar a máquina é que ele encontrará a paz."

A Iteração-X provavelmente se desenvolveu longe dos magos Herméticos que se uniu a Tecnocracia durante o caos da Inquisição. Desde então, eles monitoraram e conduziram avanços científicos, dentro de seus próprios ideais. Praticamente toda teoria científica é examinada aos olhos cuidadosos da Iteração, daí será aprovado para inclusão no paradigma, ou descartada. A Iteração não tem controle absoluto sobre o mundo científico (afinal, foram os Filhos do Éter que introduziram a Teoria de Quantum), mas eles têm um controle muito grande.

Os técnicos da Iteração, são responsáveis pelos projetos dos equipamentos da Tecnocracia. Eles também fazem o papel de investigadores primários nas ciências físicas e químicas. Os Magos da Iteração-X são os mais reservados dentre os Tecnomancers, e freqüentemente mantêm-se ocupados com estudos obscuros em lugares desconhecidos. Eles criaram uma grande ordem de empregados mecânicos (robôs), para interagir com o mundo por eles, e ajudar os aliados da Tecnocracia mais pragmáticos.

Apesar de serem muito reservados, a Iteração-X é a convenção mais empenhada dentro do pogrom. A Iteração é tão crente na ciência, que por este fato eles retém um medo do sobrenatural, tão forte quanto o dos Adormecidos. Eles sempre ordenam a seus robôs que ataquem os Magos das Tradições onde quer que eles possam achar. Isto os coloca em conflito com outras Convenções, que acham que esta tática chama muita atenção desnecessária.

Filosofia: "A máquina é a última expressão dos valores da Tecnocracia. É a ordem e a perfeição. Por entendermos as máquinas, nós podemos prestar esclarecimentos. Nós percebemos que a máquina é uma inteligência própria, e nos ensinará e nos ajudará muito rumo a Ascensão. A tecnologia que usamos em nossas vidas é pouca. Devemos integrar isto completamente, deixando as máquina ocuparem seus espaços como nossos aliados e iguais."

Organização:A Iteração organiza-se ao longo das comunidades científicas e acadêmicas e se dividem em ensinar, pesquisar e aplicar.

Reuniões: A Iteração organiza reuniões regulares entre eles para discutirem idéias e teorias científicas, mais do que qualquer outra coisa. Um fato interessante, é que dificilmente os membros da Iteração-X interagem entre si, eles tendem a confiar mais nas máquinas do que nas pessoas.

Iniciação: Recrutam a maioria dos seus seguidores da comunidade científica. Eles procuram em campus de faculdades por mentes brilhantes com potencial para a magika. Freqüentemente seus recrutas terminaram a educação básica e estudam a Tecno-mágika ao lado da Iteração-X. Eles gastam algum tempo em centros de pesquisas da própria Iteração para que terminem o treinamento. Em anos mais recentes, a Convenção recrutou alguns indivíduos desvantajosos para encarecimento físico por cyberware. Isto causou conflitos com os Progenitores que trabalham para eliminar a imperfeição física do paradigma.

Acólitos: Físicos, Engenheiros, Inteligências Artificiais

Esfera: A Iteração-X possui maior afinidade em duas esferas: Forças e Correspondência. Eles acreditam que estas esferas são fundamentais. Porém, nenhum deles desenvolve a esfera do espírito, porque o consenso científico é oposta a este tipo de coisa. Os outros Tecnomancers surpreendem-se com a negação do mundo espiritual por parte da Iteração-X..

Focos: Eletricidade (Forças/Primórdio/Matéria); Calculadora (Entropia/Correspondência); Relógio (Tempo/Vida); Elétrodo (Mente).

Conceitos: Cientista, Cyber-Assassino, Engenheiro Mecânico.

Estereótipo:

Engenheiros do Vácuo: "Eles compartilham muito de nossa visão. Entretanto, suas explorações são muito perigosas. É só uma questão de tempo para que encontrem o caminho certo, o nosso caminho!"
NOM: "Eles estão nos conduzindo para um buraco sem fim, é bom que eles saibam que vão cair sozinhos. Eles também não se empenham muito no pogrom, afinal ameaças sobrenaturais devem ser eliminadas para que o trabalho científico não seja prejudicado e possa triunfar."
Progenitores: "Nós compartilhamos ideais semelhantes. Mas eles não percebem que a perfeição da carne é impossível."
Sindicato: "Eles não entendem que não há mercado pra quem não sabe vender. Mesmo assim, seus recursos são úteis, portanto deixe-os continuar brincando."

local original: Um dos muitos sites da internet brasileira
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es):

 Navegação Rápida