Nefandi


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


" Tu não deves ter mais vida; mate a ti mesmo no calor do abandono perante Nossa Senhora. Deixe que tua carne se solte de teus ossos, e que teus olhos brilhem perante a tua cobiça do Infinito, tua paixão pelo Desconhecido.

Tu não deve ter mais amor; rasgue o coração de tua mãe e cuspa na face de teu pai. Caminhe por sobre o ventre de tua esposa, e deixe que o bebê que ela carrega no colo se torne presa para cães e abutres.

Se tu não fizeres isto por tua própria vontade, então nós devemos fazê-lo apesar de tua vontade. Desta forma tu atingirá o sacramento de Graal na Capela das Abominações.

Os textos desta seção podem ser "muito pesados",então se você é uma pessoa sensível ou se considera imaturo, por favor não continue lendo estes textos. Será melhor para você, e para nós também.

A intenção deles não é promover de modo algum o satanismo ou qualquer outra coisa idiota do tipo. Eles estão aí apenas para aumentar o horizonte de narradores e jogadores que buscavam maiores informações sobre a corrupção humana. Antes de continuar lendo lembre-se o RPG é apenas um jogo com muita fantasia e imaginação e nada além disso!

A Corrupção de um Mago
A Mente Sombria
Os Caminhos para o Limbo.
Os Amaldiçoados.
Profetas Negros.
Lordes Negros.
As Sombras e os Espectros.
A Rede Virtual e a Mente Sombria.
A Trilha da Atrocidade
Decaída
História Nefandi
História Nefandi II  
Inferno
Interpretando o mal
O Livro dos Oito Aeons 
Paradigma
Rebuttal

Nefandi, por Kaworu Naguisa

Nefandi, por Kaworu Naguisa
Introdução: O significado do Decaído
O Nefandus
A versão Oficial
Quem Eles são?
Os Processos que levam a Decadência
O Despertar Negro para as Novas Possibilidades
O Abismo Interior: um mergulho dentro do vácuo
A Visão de Mundo dos Decaídos
A Guerra por Nodos e Locais de Poder
Capelas Nefandi
O Culto ao Nada e o Instinto Coletivo
Por Trás das Sombras: As Práticas Decaídas
A mágika Nefandi
Rituais do desespero e as suas ferramentas
O ritual da Dor
O ritual do Sangue
O ritual da Morte
O ritual da Destruição
O ritual do Desejo

O cabaré da Meia Noite

O Cabaré da Meia Noite
Surgimento do Cabaré da Meia Noite
Apresentações do Cabaré da Meia Noite
Membros e Artefatos

Artefatos

A Adaga Perdida
O Machado de Lizzy Borden
O Abismo

Personagens notáveis do Cabaré

Auxiliares
O Masoquista
O Rei das Larvas
Mr Wells
Morlock
Xane
Phillip Harding
Táticas do Cabaré
Idéias para o uso do Cabaré em sua Crônica

local original: Page of Mirrors
nome original: diversos
autor(es): diversos
tradutor(es):

 Navegação Rápida