Nova Ordem Mundial


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Uma nova luz sob uma das mais sinistras forças da Tecnocracia...

 

Líder da Tecnocracia, a Nova Ordem Mundial está acostumada ao poder. Foi dela a maioria das escolhas do século XX, nos campos político e diplomático. A Iteração X pode cuidar dos avanços tecnológicos e o Sindicato pode controlar o caótico mundo financeiro, mas o poder se concentra com a NOM por causa de sua especialidade: o controle das ideologias e, conseqüentemente, do paradigma aceito pela maior parte da população.

Controlar as mentalidades, porém, não é uma tarefa fácil. É necessário um controle rigoroso por parte dos técnicos e agentes da NOM (os famosos Homens de Preto), impedindo que a população Desperte e também extirpando os Despertos que tentam modificar o status quo, verdadeiras sementes do caos que a Tecnocracia jurou banir.

Executar o Pogrom e trabalhar em nome do Cronograma são as metas principais da Tecnocracia, bem como de todas as outras convenções. Mas os métodos dessa Convenção, e sua tendência de agir debaixo dos panos tornam-na bem mais perigosa que os HIT Marks ou clones da Tecnocracia...

local original: Um dos muitos sites da internet brasileira
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es):

 Navegação Rápida