Casa Janissary


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Nomes: Ianissaries, Janissaries, Janiassassins( Não fala esse perto deles)

As tradições são cercadas de inimigos; A Ordem de Hermes, na opinião de alguns, está cercada de tradições hostis;Todas as casas lutam para não serem levadas ao uma posição de inferioridade política pelas Casas rivais; Todas as capelas de uma casa competem por recursos e por favores de seus primus; quanto as cabalas dentro das capelas, o relacionamento pode ser deixado como uma exercício para o leitor (você verá que não é tão harmonioso quanto imaginado). Nessa atmosfera de suspeita permanente, os herméticos dão grande importância a segurança interna, E a Casa Janissary preenche esse papel com vigor, compet6encia um pouco mais que paranóia. 

Na história adormecida, os janissaries originais (sem letra maiúscula) eram guardas de elite dos sultões turcos otomanos. Os turcos recrutavam a maioria dos janissaries a força, roubando crianças cristãs de seus inimigos e crescendo eles como leais guerreiros islâmicos. Temidos pelo seu valor e lealdade inabalável, os janissaries eventualmente assumiram um papel político dentro do palácio do sultão. 

Um destes guardas influentes era Dincer Albayrak; Despertando como órfão por volta de seus 20 anos, Dincer escapou com vários outros guardas e voltou a sua terá natal. Seus companheiros tornaram-se seus consortes, e na década seguinte viajaram pela Europa em busca de outros magos. Dincer achou vários, principalmente herméticos e um batini- o único sobrevivente de uma capela destruída pela ordem da razão. Em 1733, esses magos se uniram ob a liderança de Dincer tornando-se os Janissaries (com letra maiúscula) uma cabala secreta que se opunha ao domínio tecnocrata. O grupo resgatou outros dos domínios do Sultão, eles eram os antigos companheiros de Dincer, eles fora utilizados como professores de técnicas de batalha e perícias militares. O sucesso do grupo em suas investidas contra a ordem da razão atraíram muita atenção das tradições. Após a derrota de Dincer num ataque ao constructo de Uludag na Turquia (1716), a Ordem de Hermes ofereceu um convite formal para entrar como membro da casa Ex Miscellanea. Dincer aceitou contente, excitado por participar de tão nobre tradição. 

Astuto e poderoso, Dincer permaneceu pouco familiar ao pensamento e filosofia hermética. Porém, ele modelou o seu grupo no mesmo esquema das casas, e encorajou os seus companheiros a avançarem na pratica dos ideais herméticos . Com esse fim, ele localizou um proeminente menino beduíno, Caeron Mustai, e o treinou como seu aprendiz. O estudante logo ultrapassou o professor. Um estudante hermético de primeira classe que conseguiu atingir o título de mestre em pouco menos de uma década, Mustai tornou-se o líder do grupo em quase tudo, menos no nome. Ele planejou vitórias dramáticas sobre seus inimigos e demonstrou uma capacidade para política tão grande quanto sua habilidade militar. Em 1764, ele foi bem sucedido em promover o pequeno grupo de seu mentor em uma casa com total ação política na ordem, A Casa Janissary. 

Dincer amava a sua vida como Primus. Ele não mostrava muito interesse em aumentar o tamanho da casa além de sua pequena cabala mas ainda fazia suas tarefas com lealdade e dedicação. Isso até que desapareceu misteriosamente em !822. Mustai assumiu o posto de lide da casa sem contestação, e logo começou a mudar a posição da casa dentro da ordem, cultivando amigos entre os quaesitor assim como cultivava suas orquídeas entre as estantes de Doissetep. Clamando que iria descobrir traidores dentro da ordem ele ordenou a seus seguidores que procurassem por infiltrados e os purgassem. Eles encontraram vários, e o sucesso deles era o sucesso de Mustai. Apesar de nunca terem recebido funções políticas oficiais dentro da ordem os janissaries compõe a policia secreta da Ordem. 

Filosofia: Secretos em tudo, os Janissaries professam abertamente apenas a necessidade de um Práxis seguro. Eles dizem que, Um hermético que queira tornar-se perfeito requer um ambiente perfeito. Purgando os espiões e dissidentes, os janissaries trabalham para manter a integridade e perfeição da ordem. 
Janissares individualmente expões filosofias semelhantes as dos (e alguns dizem derivadas dos) Quaesitors. Essa perspectiva requer que o mago mantenha os maiores padrões de disciplina e sacrifício pessoal possíveis, evitando qualquer um que esteja abaixo desse padrões. Um dos ditados favoritos dos Janissaries diz "Não existe companheirismo com um tolo."

Estilo: Esses magos silenciosos preferem manter escondidas suas habilidades. O que alguns tentam com mágika, Janissaries realizam com aliados, enganações, conversa e sua reputação formidável. Quando forçados a demonstrar suas habilidades mágikas eles o fazem rapidamente e sem cerimônia, como um mestre de Aikido arremessando um oponente. Nessas raras ocasiões, eles demonstram muita capacidade com mente, forças e espírito. É dito que o próprio Mustai prendeu aliados umbroods a sua vontade.; A verdade por trás desses rumores não é clara.

Objetivos: Com aprovação agora oficial dos Quaesitor, membros da Casa Janissary visitam todas as capelas dentro da Ordem. Eles se mantém distantes de seus alvos e repentinamente atacam com acusações de deslealdade. Após isso um Quaesitor viaja para o local para ouvir a acusação e punir o alvo. Essa diligência e espontaneidade em realizar seu serviço não fazem os Janissaries muito populares dentro da Ordem; mas seu poder ainda impões respeito. 
Fora policiar seus companheiros, os Janissaries expressão seu ideal de tombar vários dos Quartéis generais regionais da NOM. Enquanto não atacam, eles enfraquecem bases menores da convenção. Opositores afirmam que os Janissaries coagem órfão e vazios a serviram como soldados e espiões dispensáveis nessas missões. Se essa acusação é verdadeira,a prática (proibida no Doissetep) iria trazer severas punições por parte dos diáconos das capelas , e possivelmente até de alguns tribunais.

Organização: Em teoria, a casa compreende apenas uma pequena cabala no doissetep e uns poucos agentes anônimos livres. Porém rumores insistem na existência de vários magos e consortes em todas as outras casas que servem aos Janissaries. Caeron Mustai lidera e o resto segue lealmente suas ordens: Os Janissaries (pelo menos a capela do Doissetep) são essencialmente ditatoriais. Fora da Suprema capela agentes individuais seguem suas próprias agendas, devidamente aprovadas por subalternos de Mustai..

Iniciação: Os Janissaries aceitam aprendizes de organizações secretas do mundo adormecido. A duração e detalhes do processo de iniciação são desconhecido fora da Casa.

local original: Tradition Book Order of Hermes
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es): Kaworu Naguisa

 Navegação Rápida