Os Ahl-i-Batin


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Introdução

Ainda que eles um dia tivessem presidido a cadeira agora ocupada pelos Adeptos da Virtualidade no Conselho dos Nove, os Ahl-i-Batin permanecem pouco conhecidos pela maioria dos magos das Tradições.Aqueles que já ouviram falar dos Batini ou assumem que eles foram varridos pela incursão da Tecnocracia no Oriente Médio ou acreditam que eles sejam um Ofício sem poder e quase sem membros meramente sobrevivendo na era moderna.

Embora os Ahl-i-Batin tenham agüentado muito e caído imensamente durante os séculos posteriores a sua formação, ainda falta muito para eles desaparecerem ou se unirem completamente a uma das Tradições. Os Sutis há muito tempo dominaram as artes de ocultar e de despistar. Talvez eles só ocultem seu número até que o momento esteja apropriado para o seu ressurgimento.

local original: Mage the Ascension - Companion
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es): Dr. Orlando

 Navegação Rápida