Alterando o Paradigma


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Um dos elementos mais gratificantes de um jogo de RPG é observar seu personagem se desenvolver com o andamento da crônica, gradualmente alterando tanto capacidade quanto personalidade. As habilidades se aprimoram, permitindo maiores chances de sucesso. As perspectivas mudam, algumas vezes tanto que os personagens veementemente se opõem às visões de mundo que eles apoiavam inicialmente. Personagens mudam com o passar do tempo, tanto em pura capacidade quanto em comportamento.

Com paradigma isso não é diferente. Conforme seu personagem interage com outros magos, as crenças e paradigmas deles influenciarão as suas. Mais do que isso, o desenvolvimento do conhecimento mágico exige novos acréscimos de paradigmas. Você não pode simplesmente decidir de uma hora para outra trabalhar magia de Forças porque você gastou alguns pontos de experiência - você precisa perceber como Forças se encaixa na sua visão de mundo e o que é necessário para empregar Forças.

Você não pode mudar seu paradigma à vontade. Além do mais, alterar suas crenças básicas não é fácil. Você não acorda um belo dia e decide que você pode voar! Alguma coisa grandiosa geralmente precisa influenciar você a fazer uma mudança radical. Embora o paradigma possa mudar lentamente com as influências externas, há duas circunstâncias especiais sob as quais você pode alterar seu paradigma radicalmente - sempre que seu Arete sobe, e quando você obtém falha crítica num teste de Arete sem possuir nenhum ponto de Força de Vontade temporário sobrando. A diferença:

A primeira acontece de graça, já que você pode alterar seu paradigma com um aumento de Arete. Sua iluminação em expansão mostra a você novas maneiras de ver o universo. Talvez você se torne mais fechado com relação aos seus focos, ou talvez você se expanda para enxergar um ângulo que você não tinha visto antes. De qualquer modo, sua iluminação mostra uma nova aplicação de conhecimento mais ampla, conforme você readapta seus princípios básicos a uma nova visão da realidade.

A última acontece ao perder um ponto permanente de Força de Vontade - a realidade cortou você, e você aprendeu com isso, mas isso tornou você um pouquinho mais humilde. Isso deixa você um pouco quebrado. Algo que você sempre pensou que fosse verdade acaba sendo errado, e você precisa se adaptar para lidar com isso. O mundo é uma amante cruel. Engula.

Opcional: Auto-Segregação Paradigmática

Alguns magos se encontram presos em paradigmas realmente bizarros - daqueles que fazem a gente ser preso. Talvez eles transem com cadáveres para obter poderes mágicos. Talvez eles escalpelem crianças e usem suas peles. O tipo de coisa que faz sua pele ficar arrepiada.

Esses magos se distanciam das pessoas normais, por causa de suas práticas. Sua Ressonância costuma refletir isso: Um mago com práticas realmente malucas também terá crenças fundamentais igualmente estranhas. Isso coloca para funcionar os "alarmes psíquicos" das pessoas, na falta de uma expressão melhor.

Isso pode, claro, ser realmente, realmente, difícil praticar sua magia no meio de Adormecidos quando você possui um paradigma como esse. Isso pode servir para algumas cenas desesperadas onde você tenta inventar algo totalmente bizarro para fazer sua magia funcionar, mas também pode ser bem limitante. Você se sai melhor certificando-se de que o paradigma de seu personagem se apóia em práticas que podem ser um pouco esquisitas, mas que não chamam atenção negativa inapropriada.

local original: Guide to the Traditions
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es): Dr. Orlando

 Navegação Rápida