Eduardo Souza


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Servidor de Sombra-da-Terra

 

Natureza : Cínico
Comportamento : Conformista
Essência : Dinâmico
Ofício : Almas Negras

Atributos : Força 2, Destreza 3, Vigor 2, Carisma 3, Manipulação 4, Aparência 3, Percepção 5, Inteligência 3, Raciocínio 4
Habilidades : Prontidão 3, Briga 2, Esquiva 2, Liderança 2, Intimidação 2,
Intuição 5, Consciência 5, Lábia 5, Manha 2, Direção 2, Armas Brancas 3, Armas de Fogo 3, Furtividade 3, Reparos 1, Ocultismo 5 (Cultura das Fadas 1, Cultura Lupina 3, Cultura dos Membros 4), Finaças 3, Burocracia 2, Ciência 1, Alquimia 4, Herbalismo 3


Esferas : Espírito 4, Entropia 3, Vida 3, Correspondência 2, Matéria 3, Primórdio 4, Tempo 1, Forças 2, Mente 1
Antecedentes : Avatar 4, Recursos 2, Mentor 5, Familiar 3, Santuário 3, Biblioteca 2
Arete : 6
Quintessência : 15
Força de Vontade : 8

Imagem : Um humano de estatura mediana, pele levemente escura e cabelos negros, seus olhos são claros. Eduardo se veste com roupas simples e nunca exagera em nada, raramente usando acessórios como perfumes.

Inerpretação : Não mostre muito o que está pensando e também não se ligue demais às pessoas. Concorde com tudo agindo por trás das sombras e deixe que os outros o subestimem.

História : A parte boa da vida de Eduardo começou quando ele e seus colegas estavam em um sítio e Sombra-da-Terra apareceu de repente. Eles ajudaram o anhanga a derrotar um demônio que o persguia às custas da vida de três dos amigos de Eduardo. Dois deles morreram e um deles se tornou um Nefandus. Outra se tornou uma serva de Sombra-da-Terra.
Eduardo foi pego por Sombra para aprender magia e gostou da idéia servindo ao anhanga com toda fidelidade possível. Em pouco tempo, ele montou sua livraria em Divinópolis e pasou a servir de posto de informações para todo tipo de seres sobrenaturais. Essas informações eram basicamente as que Sombra queria que ele passase. Ele pensa que sabe demais mas não tem nem idéia no que está envolvido pensando que Sombra e seu grupo são apenas uns meros seres tentando conseguir poder. Talvez, quando perceber o que realmente se passa, ele comece a usar seus poderes para algo útil além de tentar tomar para si e sua cabala a cidade onde mora.
Seu santuário está embaixo de sua casa e é decorado com várias figuras naturais e objetos místicos valendo mais por seu poder místico e esconderijo. Seu familiar é um pequeno mico que fala.

local original: Trevas do Brasil
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es):

 Navegação Rápida