Fluxo


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Tendo escapado através das barricadas da Weaver que envolvem a Tellurian, uma grande quantidade de energia pura da Wyld criou um grande Reino de Fluxo na Umbra Rasa. Este é o próprio coração da Wyld, concedido por Gaia para sustentá-la e protegê-la de ser sufocada completamente pela Weaver. Qualquer coisa é possível dentro do Reino de Fluxo, porque ele se mantém em mutação constante. Na verdade, não é raro que ele induza à loucura. Ali, o tempo se altera de forma imprevisível, e os próprios Garou se transformam descontroladamente de uma de suas formas para outra.

Os Garou podem aprender a manipular o tecido do Reino de Fluxo, controlando suas mudanças, literalmente interferindo na realidade, como se fossem deuses. Nenhuma entidade pode ser aprisionada ou controlada nesse reino.

local original: Lobisomem - O Apocalipse
nome original: O Mundo Espiritual
autor(es): desconhecido
tradutor(es): desconhecido

 Navegação Rápida