O papel de cada um


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Sabemos que Mago: A Ascensão tem como um de seus temas principais a quebra dos estereótipos que envolvem o mundo. Entretanto, em um jogo com iniciantes, é importante estereotipar um pouco as coisas, para que os novos jogadores consigam entender mais facilmente. Claro, mais tarde esses estereótipos devem ser quebrados, mas, a princípio, devem ser mantidos. Assim, aí vão orientações para jogadores e narradores de qual seria o papel de um membro estereotipado de cada uma das Tradições numa cabala mista, para que sirvam como dicas de interpretação de PC's e NPC's...

Adeptos da Virtualidade: São os encarregados de trazer as informações do mundo para a cabala; qualquer informação mundana que seja necessária, é dever do AV localizar. Isso inclui desde hackear fitas de segurança, rastrear pessoas, descobrir dados pessoais e números de telefone, até achar a matéria sobre aquela indústria filiada à Tecnocracia que saiu no jornal de semana passada, ou o horário do show que a Cabala pretende assistir...

Coro Celestial: Os coristas devem abusar de sua posição dentro da Tradição para conseguir informações, além de servir como álibi para a cabala sempre que necessário. É o corista que, por ser mais calmo e parecer "acima de qualquer suspeita", livra a cabala de policiais, agentes da alfândega, médicos impressionados com a rapidez da cura dos pacientes...

Culto do Êxtase: Nunca delegue muitas responsabilidades aos Cultistas. Em geral são os responsáveis pelas piadas e organização das confraternizações das cabalas, quando conseguem suportar o hermético de plantão lhe dando ordens...

Eutanatos: São responsáveis pelo "Trabalho sujo". Como, em geral, conhecem mais de armas de fogo e venenos que as outras Tradições são nomeados os assassinos da cabala. Entretanto, as outras Tradições têm uma concepção errônea dos Eutanatos: Eles não matarão qualquer um apenas por matar, pois seguem rigorosos códigos de ética (ao menos na teoria...).

Filhos do Éter: Esses magos são os "cientistas malucos" do grupo. Os demais membros esperam dele que sempre apareça com uma parafernália diferente. Ele também é responsável por ter idéias para resolver os problemas da cabala, e por executar uma parte delas, principalmente as que precisarem de engrenagens, motores, raios laser (que, se ele não souber fazer, sabe onde encontrar)... De modo geral, pode-se dizer que os filhos do éter são responsáveis pelas idéias criativas.

Irmandade de Akasha: Bater sem matar, meditar, decifrar enigmas, ter a palavra mais prudente e sábia nas discussões são as funções do membro da Irmandade de Akasha. Muitos também se aproveitam do estilo quase coincidente de Mágika dos Akasha para encobrir as verdadeiras ações da Cabala: Um templo budista ou academia de Artes Marciais são ótimos para encobrir a localização de Capelas.

Oradores dos Sonhos: São os responsáveis por cuidar dos lobisomens e dos espíritos, abrir portais na Umbra, cuidar das orações aos espíritos (e portanto da boa reputação espiritual da cabala).

Ordem de Hermes: Embora os outros magos nunca admitam, os herméticos são os melhores para organizar e dirigir as atividades da cabala, lidar com as finanças, dizer quem deve fazer o que, fazer projetos e planos.

Verbena: Os Verbena são úteis para resolver os problemas físicos: Embora saibam matar muito bem, geralmente são procurados para curar utilizando as artes da Vida. Além disso, são os guias em expedições nas florestas, hábeis em encontrar plantas e animais. Podem descobrir antídotos para venenos ou pregar pequenas peças para distrair inimigos. Além disso, o estilo Mágiko Verbena é apreciado para realizar rituais

Vazios: Muitas vezes utilizados como buchas de canhão, quando o serviço incluir falar com vampiros fazer algo em danceterias, ou influenciar adolescentes, os Vazios são os escolhidos. Além disso, às vezes usam seus contatos para obter armas e drogas ilegais.

local original: O Papel de cada um
nome original: Narrando Mago - "A Ascensão" para iniciantes
autor(es): Verbenazinha Cayra
tradutor(es):

 Navegação Rápida