Artefatos e Inventos


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Um Artefato ou Invento é um objeto aparentemente ordinário fortalecido com alguma habilidade extraordinária. Tapetes voadores, canhões laser, mantos de invisibilidade e conjuntos de armaduras poderosas são todos exemplos de Artefatos e Inventos. A magia de um Artefato ou Invento não é limitada a um número preestabelecido de usos. Artefatos e Inventos podem ser usados sempre, seus poderes só são limitados pelo poder e entendimento do mago ou cientista que os usam.

Um Artefato ou Invento possui tipicamente um ou dois poderes que são contínuos ou que podem ser ativados quando necessários. Por exemplo, um conjunto de armadura fortalecida daria ao seu usuário um bônus constante de Força, enquanto que um manto de invisibilidade só daria invisibilidade ao seu usuário mediante um comando. Além do mais, um Artefato ou Invento pode também ser um Talismã. Nesse caso, ele possui sua própria Quintessência e Arete, e o usuário pode confiar no poder natural do item ao invés de ativá-lo com seu próprio conhecimento.

Ocasionalmente, Artefatos e Inventos também possuem defeitos, pequenas maldições estranhas e limitações esquisitas em seu poder. Um Narrador pode aumentar o poder total de um Artefato adicionando Defeitos para equilibrar o poder do item, ou afligir o item com alguma Ressonância negativa ou tiques nervosos. Alguns Artefatos não são confiáveis e eles nem sempre funcionam da maneira que o usuário deseja. Outros são completamente amaldiçoados, causando todo tipo de problemas. Infelizmente, a maioria desses itens carrega uma maldição que evita que o usuário se livre deles.

Para poçäonômalos, viciados em braceletes-encantados e aspirantes a Inspetor Bugiganga, os Narradores podem desejar aplicar penalidades para os personagens que dormem com seus conjuntos de armaduras poderosas ou nunca tiram seus Anéis de Invulnerabilidade. Ele pode determinar que a armadura ficou permanentemente enxertada na carne ou que o viciado em jóias ficou dependente de seu precioso anel. Talvez o usuário se torne o escravo ou a instrumento do mago (ou da entidade) que deu poder ao Artefato, especialmente se o item também for um Talismã. Além do mais, os Artefatos são as maiores criações dos magos e dos outros seres que os criaram. Sendo assim, eles Ressoam com o poder do Avatar e com a personalidade daquele ser, e seus usuários não podem evitar serem afetados quando os usam.

O valor de um Artefato ou Invento é igual ao nível de Esfera de cada um de seus poderes. O preço dobra se o Efeito permanecer ativo continuamente. Desta maneira, se um Artefato tem um poder contínuo de Forças 2 e um poder normal de Matéria 3, seu nível total é (2 x 2, mais 3) de sete pontos. Efeitos contínuos estão sempre ativados, ou podem ser ligados ou desligados à vontade pelo usuário. Efeitos normais estão embutidos, mas só podem ser ativados por um usuário iluminado - desse modo, dando a um mago acesso a um poder que ele normalmente não teria.

local original: Mage Storyteller Companion
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es): Dr. Orlando

 Navegação Rápida