Limites Em Maravilhas


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Óbvio, as Maravilhas são sempre limitadas aos poderes que um Narrador quer no jogo. Muitas Maravilhas trabalham sob limitações peculiares, como funcionar apenas para uma pessoa em particular, atrair todo tipo de Ressonância ruim ou funcionar somente quando abastecidas por poderes específicos ou nojentos.

Quando construir uma Maravilha, o item não pode ter uma diminuição de custo de mais de um terço de seu valor básico. Isto é, um simples Artefato com um encantamento permanente de nível 3 (um poder de seis pontos) não pode ter uma diminuição de custo de mais do que dois pontos de Defeitos, mesmo que tenha problemas maiores. Só o Narrador sabe no final das contas exatamente que Defeitos ou problemas uma Maravilha pode ter...

local original: Mage Storyteller Companion
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es): Dr. Orlando

 Navegação Rápida