A Qabala e a Umbra


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Eu estava no ônibus do colégio hoje e estava pensando sobre onde os anjos e demônios podiam ser encontrados exatamente e este tipo de coisa, baseado na cosmologia Qabalística. Pensando no assunto eu achei que seria Malkuth, o décimo Sephira que supostamente representa os Elementos mas ele também pode ser visto como o planeta Terra. Desta forma foi isto o que consegui.

Os deuses tanto os Sagrados quanto os Demoníacos, residem no Décimo Céu (Avaroth) e no Décimo Inferno (Tartarus), todos localizado em Atziluth (Umbra Profunda).

Os outros nove céus e infernos ficam tanto em Briah (Umbra Rasa) (habitados pelos Arcanjos e Arquidemônios) e Yetzirah (Penumbra) (habitado pelos Coros Angelicais e Hordas Demoníacas). Cada céu tem uma base em cada um dos nove planetas, exceto Plutão, que fica em Assiah (Plano Material).

Aqui, se você é familiarizado com a Árvore da Vida da Qabala, você verá que Deus forma toda a árvore em Atziluth, existindo um Arcanjo, um Arquidemônio, um coro celeste e uma ordem demoníaca para cada Sephira/Qlippoth. Mas note que se você continuar seguindo a lista de Céus/Infernos, usando a representação da árvore da vida, você chega no nível de Malkuth sem mais Céus/Infernos. Mas assumindo que o Coro Angelical para este nível sejam os Ishim, ou Almas, então talvez pode ser apropriado dizer que o Céu/Inferno do nível de Malkuth seja onde as aparições que Transcenderam/Decaíram podem ser encontrados. Assim a Umbra Baixa pode ser literalmente o Purgatório das Almas, "Muito más para o céu, muito boas para o Inferno..." Alguém tem algo para acrescentar?

local original: Anders Mage Page
nome original: Qabala and the Umbra
autor(es): Michael L. Singer
tradutor(es): Winter

 Navegação Rápida