As várias partes da Umbra


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.



A Umbra recobre o plano físico, e está eternamente separada deste pela barreira denominada Película. A Umbra possui partes distintas, como a Penumbra, a Umbra Rasa, a Umbra Média, a Umbra Alta, a Umbra Profunda e a Umbra Baixa. Nesta parte do artigo, discutiremos um pouco sobre a "geografia" da Umbra, o que facilita um bocado para aqueles que não entenderam direito a "mecânica" do Mundo Espiritual, ou aqueles que não possuem o livro Mago: A Ascensão, que divide de uma forma mais simples este plano.

Película: A Película é a barreira que separa o mundo físico do mundo espiritual, gerada em tempos anteriores à humanidade ou aos Garou, apesar de Magos Tecnocratas afirmarem ter criado a Película.. Esta barreira solidifica-se cada dia mais, o que significaria uma grande vitória da Wyrm e da Tecnocracia sobre os Garou e as Tradições. A Película é cercada pela Periferia, uma zona entre o mundo cotidiano e os locais místicos, normalmente locais com a menor dificuldade de transição para a Umbra.

Umbra Rasa: A Umbra Rasa é a região mais facilmente atingida pelos Garou e Despertos, e a que mais será utilizada em sua crônica, com certeza. Aqui encontra-se a Penumbra, a zona onde o mundo físico é refletido conforme a "aura" de objetos e pessoas (e onde o Narrador deve caprichar em suas descrições de como a cidade é contaminada pela Wyrm...). Os Domínios são pedaços da Penumbra tomados por conceitos especiais, geralmente causados por fortes emanações vindas do mundo físico. Um local onde situa-se uma igreja é um solo sereno e calmo, enquanto um depósito de lixo refletirá a decadência que representa na Terra. Alguns Reinos podem ser encontrados nesta parte da Umbra, mas eles são mais fracos que seus semelhantes na Umbra Média ou Profunda.

Umbra Alta: Pode-se dizer que este lugar seja uma espécie de céu, Reinos contruídos com mármore branco, anjos de asas brilhantes. Manadas de búfalos correndo livres em campos verdejantes. Salões de mármore com tronos de ouro e outros tipos de "céus" que as pessoas acreditam.

Umbra Média: A Umbra Média é o local onde situam-se os 13 Reinos Próximos, e não na Umbra Rasa. Estes locais, desde domínios cobertos pela influência da Wyrm ou da Weaver até paraísos onde a Wyld reina absoluta, são melhor descritos no livro básico de Lobisomem. Alguns Reinos da Umbra média parecem-se como a Terra no início dos tempos, altas florestas intocadas pelas mãos do homem, riachos claros e límpidos, com animais selvagens e místicos como unicórnios.

Umbra Baixa: Este é o reino dos mortos, onde está situado o Underworld (Submundo) dos Wraiths, os espíritos atormentados do Mundo das Trevas. É um lugar evitado pelos Garou, já que uma visita a este território pode significar uma passagem apenas de ida para a morte... Geralmente os Euthanatos recém despertos são mandados para esta parte da Umbra a fim de que conheçam a verdadeira natureza da Morte.

Umbra Profunda: Na Umbra Profunda reside a Tríade: Wyld, Weaver e Wyrm, em seu ciclo caótico, e cada qual em seu domínio. Desta parte da Umbra vazam as influências de cada membro da Tríade para o resto da Umbra e para o mundo físico. Na Umbra Profunda também encontra-se o "Mundo das Idéias", onde todos os conceitos, projetos, equações e sonhos estão (para mais detalhes, procure entender a filosofia de Platão, de onde estas idéias certamente foram retiradas. Quem disse que RPG não é cultura?).

local original: desconhecido
nome original: Viagens pela Umbra
autor(es): Marcelo Sarsur
tradutor(es):

 Navegação Rápida