A Forma do Mundo


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


No coração de Gaia reside a Terra, com os Céus acima dela e os mundos subterrâneos abaixo, e a Umbra cercando-a por todos os lados. A Árvore-Mundo cresce a partir do centro da Terra (as tribos dos Garou indígenas americanos acreditam que ela floresce no casco da Tartaruga-Mundo). Seus galhos pairam no firmamento; suas raízes cavam fundo até o solo dos mundos subterrâneos. Os Portadores da Luz às vezes chamam o Mundo-Árvore de Axis Mundi.

O restante da realidade é criado e sustentado por três forças primitivas: a Wyld, a Weaver e a Wyrm Essas forças -coletivamente chamadas Tríade - são os três pilares sobre os quais se ergue tudo que existe. Em termos mais simples, a Wyld é um corpo de potencial vasto e indiferenciado - constantemente não consumado e em fluxo. A Weaver é a força da criação que pega o potencial não formado da Wyld e o molda em formas estáveis de matéria e energia. A Wyrm é a força da entropia destrutiva que segrega as incontáveis criações da Weaver, desta forma conferindo sentido ao espasmo da criação pura. As inter-relações da Tríade pariram o universo, e seu conflito contínuo o devasta.

local original: Lobisomem - O Apocalipse
nome original: O Mundo Espiritual
autor(es): desconhecido
tradutor(es): desconhecido

 Navegação Rápida