A Umbra Média


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Segure minha mão e siga-me até o mundo de natureza primordial. Nós vamos de noite, quando é mais claro aqui. A luz de Luna, a lua, brilha e ilumina os bosques e vales escuros. Durante o dia, a maior parte deste nível é sombria e perigosa. Mas olhe ao seu redor; as árvores da Penumbra são tão altas quanto estas árvores prateadas? Aqui estão aquelas estrelas brilhantes que não vemos mais na cidade. Finalmente estamos observando as velas da noite como elas deveriam ser vistas, em toda a sua glória radiante. O vento carrega os sussurros de epoméias e florescências noturnas cujas fragrâncias são tão fortes que tenho até medo de respirar, só espero não esquecer como fazê-lo em outros lugares mais amenos.

Vida selvagem e abundante está ao nosso redor. Você já viu precipícios tão íngremes, montanhas tão imponentes ou animais tão saudáveis? Eu nunca havia realmente visto a cor roxa antes de vir aqui, e também não entendia como o azul e o verde são palavras tão insípidas para descrever os tons maravilhosos que agraciam este reino. Agora eu sei a linguagem da fragrância das flores e dos odores dos animais e ouço a sinfonia do vento nos gramados e nas árvores.

Você ouve o grito do predador? Esta também é uma parte integrante da natureza. Atrás de suas belezas se escondem a luta pela sobrevivência e os perigos da selva. A natureza é cheia de caprichos perigosos, desde secas até terremotos ou temporais deslumbrantes de granizo. Desde que os mais fortes entre seus filhos sobrevivam, ela não se importa com os que morrem pelo caminho.

Nós podemos festejar na beleza da natureza intocada, mas nunca podemos nos esquecer que a humanidade não é superior dentro do seu reino. Aqui nós somos a presa.

Você disse que a Terra possuía uma sedução inexplicável? Se possui, ela é uma ressonância do mundo espiritual. Este é o espírito em sua condição primordial, o sonho que eu gostaria de devolver à realidade material da Gaia.

Não sou o único com esse desejo. Os Garou também anseiam por uma limpeza do mundo. Muitos protegem alguns dos últimos lugares puros da Terra, áreas de grande beleza natural, suas terras sagradas, que eles chamam de caerns e nós chamamos de Nodos.

Esses lugares não são apenas locais de poder, mas locais em que a Película também é mais fina. Os magos às vezes se desentendem com os Garou pela posse de tais Nodos, mas aqueles da minha Tradição (assim como muitos outros magos) preferem ter os lobisomens como aliados ao invés de inimigos em potencial.

Os Garou afirmam que esta parte da Umbra é formada por 13 Reinos. Alguns são lugares terríveis, de conflito, corrupção e tormento eterno; outros são reinos de horror futurístico ou de despersonalizações passadas. Outros ainda se abrem para céus Umbráticos vastos e estrelados ou detêm uma beleza estonteante, uma pureza espiritual inacessível e uma virgindade imaculada, já perdidas na Terra com o reforço da Película.

Muitos Umbróides selvagens e poderosos vivem na Umbra Média. Alguns tornam-se familiares. Outros podem servir como guias ou conselheiros se interpelados educadamente e agradados com conhecimentos ou presentes recíprocos. Meu totem em forma de animal já me visitou aqui uma vez enquanto eu descansava à margem daquela lagoa. Muitos espíritos são residentes temporários, viajantes que atravessam as terras de natureza primordial rumo à Umbra Profunda; outros são Asseclas ou assistentes de Lordes da Umbra.

Você viu aquilo? Como o chamaria, se não um unicórnio?

Muitas criaturas chamadas de míticas também fazem seus lares na atmosfera impetuosa das Terras Naturais. Se eles assumiram formas supostamente dadas a eles pelas crenças humanas em tempos remotos ou se sempre foram assim, ninguém sabe dizer. Os Magos se referem a esses espíritos como Antigos, aqueles que antes tinham uma forma sólida, mas que a abandonaram em troca do mundo espiritual graças à crescente descrença humana.

Venha, tenho que lhe mostrar mais um lugar dentro do mundo espiritual para que você possa um dia reconhecê-lo quando alcançá-lo.

local original: Mago - A Ascensão
nome original: Os Outros Mundos
autor(es): desconhecido
tradutor(es): desconhecido

 Navegação Rápida