Os Outros Mundos


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


Enquanto estive ali, vi mais do que poderia dizer, e compreendi mais do que vi; pois eu estava vendo de um modo sagrado as formas de todas as coisas nos espíritos, e a forma de todas as formas, à medida em que elas devem permanecer unidas como um único ser.
- Black Elk, Black Elk Speaks

Os Magos viajam através de muitos mundos. A diferença entre os diferentes Reinos pode ser encontrada no Capítulo Um. Esta seção explica os aspectos práticos para que se possa jogar nos Outros Mundos.

Os Mundos Umbráticos

Temos coisas extraordinárias para mostrar a você.
- Pinhead, Hellbound

A maioria dos magos que estuda a Umbra concorda que ela possui três Mundos, ou camadas, sob o mesmo título nebuloso o Alto Mundo ou a Umbra Astral (também chamada de Alta Umbra), o Mundo Médio ou Espiritual e o Mundo Inferior ou Umbra Sombria (também conhecida como a Baixa Umbra). Em sua maior parte, a Umbra ainda é desconhecida para os magos, e rótulos são mais uma maneira de compreender a natureza de um lugar do que a sua localização exata. Alguns já tentaram mapear fisicamente a Umbra e acabaram considerando isso um exercício de frustração. Os Três Mundos podem ser vistos como localizações, reflexos do mundo material (e vice versa), estados de mente, alma e corpo, ou nada disso.

Enquanto a Umbra Astral é em grande parte o domínio dos magos, alguns já se aventuram nos outros Mundos, embora 'isto seja difícil. Ultrapassar as fronteiras invisíveis entre os diferentes paradigmas dos Três Mundos requer uma mudança de consciência
e uma vontade em aceitar e compreender as diferentes leis de cada mundo. Um nível alto de Cosmologia é sempre útil para quebrar as barreiras do preconceito.

As Umbras podem nunca ter sido mapeadas, mas viajantes e estudiosos entre os magos já notaram certos aspectos constantes
que são quase tão úteis quanto pontos de referência:

A Periferia: E aqui que o mundo espiritual pode ser levemente sentido na realidade. Até os Adormecidos podem tocar esta parte durante os seus sonhos. É mais um estado de espírito do que uma localização.
A Película: A barreira entre os mundos físico e espiritual.
A Penumbra: Um reflexo sombrio do nosso próprio mundo, onde as coisas assumem sua "natureza" verdadeira: uma casa onde há venda de drogas, por exemplo, pode parecer com câmaras de tortura, cheias de alucinações e reflexos espirituais monstruosos dos viciados.
A Umbra Rasa: Isto é uma extensão da Penumbra dentro dos Reinos dos Três Mundos. Os domínios dos Umbróides e os Reinos espirituais podem ser encontrados aqui. Os próprios Reinos são "lugares" onde a realidade Umbrátíca assumiu uma forma definida por causa de um acontecimento na Terra, de uma padronização mágika ou da vontade de um Umbróide.
O Horizonte (A Membrana e a Grande Barreira): A linha divisória entre a Umbra Rasa e a Profunda, onde Reinos do Horizonte estão localizados.
A Umbra Profunda (Eterespaço ou o Universo Profundo): Estende-se até o infinito, além do Horizonte. Os Reinos Fragmento e do Paradoxo giram neste vazio vasto e cósmico. Este limite exterior do mundo espiritual é o domínio dos Nefandi e dos Desauridos (e de outras coisas, segundo alguns...)
As Zonas: Lugares que permeiam todos os Três Mundos e transcendem as fronteiras, como a Teia Digital, a Zona dos Espelhos, os Reinos Oníricos e outros sem nome. Eles não pertencem verdadeiramente a nenhuma das camadas, mas parecem flutuar entre elas.

local original: Mago - A Ascensão
nome original: Os Outros Mundos
autor(es): desconhecido
tradutor(es): desconhecido

 Navegação Rápida