Diário de uma Maga


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


10 /11 /95 -  "Patético diário, hoje foi um dia bem atípico. Todos os integrantes da minha Banda foram assassinados por um maníaco-psicótico que queria se vingar de mim. Tudo isso porque a causa do suicídio da sobrinha dele foi a música melancólica que tocávamos. Acho que estou me sentindo um pouco culpada... Conheci um Órfão metaleiro, seu nome é Irvin, e ele me ajudou a capturar o louco, que finalmente foi preso. Tenho a impressão de estar tendo um caso com o Allan, meu amigo que divide o apartamento comigo. Ainda não sei como me sinto a este respeito."

23 /02 / 96 -  "Graças ao Allan, que atrapalhou tudo, cometi uma tentativa frustrada de suicídio. Conheci um colecionador pra lá de exêntrico dono de várias lojas de antiguidades, seu nome é Bryce Grimm e é um Mago muito poderoso (não sei a que ordem ele pertence). Ele disse que eu não deveria mais tentar me matar e me levou a um lugar horrível cheio de almas torturadas e enlouquecidas só para me mostrar aonde irei parar se cometer suicídio. Ok. Ele me convenceu! Eu e o Irvin tentamos recuperar uma estátua mágica para o Sr. Grimm, mas ela acabou mesmo com um Dream Speaker nudista e um monte de monstros peludos (acho que eram Lobisomens). O Sr. Grimm não vai gostar nada de saber disso! "

23/02/ 96 - "O Sr. Grimm foi legal e compreendeu o que aconteceu com a estátua. Conheci pessoalmente o Strange, um famoso cantor de música gótica, no barzinho onde sempre costumo ir à noite. Ele também é um Mago poderoso (acho que é um Hollow One) mas é muito convencido, fica me dando cantadas o tempo todo! Também fui apresentada a Silver, que irá me ajudar com meus poderes. A pedido do Grimm (porque sempre faço tudo o que ele pede?), eu e o metaleiro do Irvin começamos a investigar uma maternidade com prováveis ligações Herméticas/Tecnocratas. Até que tudo ia bem quando o desajustado do Irvin matou acidentalmete um Hermético. (Que Hermes tenha piedade de nós!!!) A sorte foi que o Grimm apareceu bem na hora e nos tirou de lá."
P.S.: O Allan tem apresentado um comportamento muito estranho desde que rompemos com nosso relacionamento. Acho que ele esta envolvido com o lado negro da força!

04/04/96 - "O Bryce e o Strange têm me ajudado a desenvolver meus poderes. A Silver não fala mais comigo, desconfio que ela sente ciúmes do relacionamento íntimo, porém profissional, entre mim e o Strange. O Grimm (ele de novo!) viajou para Londres a negócios e me levou com ele. Ficamos hospedados em um hotel chiquérrimo. Acabei conhecendo um amigo dele, um famoso Cainita Malkaviano cujo nome esqueci. À noite eu e o Grimm fomos a um bar S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L chamado Guilty Pleasures. O nome já diz tudo e sexo foi só o começo! Comecei a trabalhar em uma das lojas do Bryce. Briguei com o babaca do Allan e me mudei para um quarto nos fundos da loja."
P.S.: Eu e o Bryce estamos tendo um caso.

06/06/96 - "Descobri que herdei uma fazenda no Mississipi de um desconhecido e falecido tio. Eu e o Irvin fomos passar uns dias na tal fazenda, o lugar é bonito e tem um bando de gente da KKK por lá. Depois de uma típica batalha com o povo da KKK, que queria me tirar da fazenda por este ser um antigo local de encontro e torturas, fiz amizade com um Wraith que vivia na casa; um fantasma de um soldado Yankee morto na guerra. Seu nome Jonhnatan Blake e apesar de um pouco pálido, mal-encarado e confuso, é um ser muito legal. Gostei dele. O Bryce me comprou um apartamento (Yes!) em New Orleans! Produtivo este relacionamento, não?!"

19/10/96 - "Eu e um Hermético estranho ajudamos um pobre homem a se livrar de um Zumbi que o perseguia. Mas depois de refletir sobre o assunto, percebi que não foi um bom negócio já que deixamos um bando de Africanos P... da vida. Eu e o Bryce não temos nos encontrado muito ultimamente. Ele está fazendo muitas viagens a negócios e está muito misterioso. Acho que ele vai aprontar alguma..."

1997

21/03/97 -  "Viajei para Paris com o Bryce, a negócios, claro! Ele precisava falar com um Verbena. Como sempre, tudo muito misterioso. Dias depois fiz uma descoberta desconcertante: O Bryce Grimm está envolvido até o pescoço com os Tecnocratas! Estou chocada! E agora, sem saber porquê, eles estão atrás de mim e eu não tenho mais ninguém em quem confiar. Tô f.......!"

25/03/97 - "Minha vida está um inferno. Não tenho feito outra coisa além de fugir como uma desesperada. Os Tecnocratas em peso estão atrás da minha singular pessoa e eu nem desconfio porquê. Alguns policiais suspeitos chegaram a me capturar, mas fui salva por um Verbena que se transforma em Viado, quer dizer, Cervo. Seu nome é Fion e ele é muito bonito... Só que não tenho tempo pra pensar nessas coisas. Dante, um Virtual Adept, nos ajudou na fuga também. Agora o viad..., ops!, o cervo está me protegendo mas não sei qual sua verdadeira intenção nisso. Por enquanto estamos refugiados na Umbra, creio que este é o primeiro lugar a salvo em que já estive desde então. Estou f.... e mal paga! O cretino do Bryce vai ver só quando eu puser minhas mãos em cima dele!..."

05/04/97 - "Eu e o viad..., ops!, cervo modificamos nossa aparência temporariamente e saímos da Umbra. Ainda estamos sendo (e fomos!) perseguidos. Nos refugiamos na cabana de um Dream Speaker que me disse que estão atrás de mim por causa de meu Avatar; segundo o Dream Speaker, meu Avatar é muito poderoso, mas ainda está distante de mim (vai entender esse povo!). Eu e o Fion realizamos um ritual muito interessante. Era uma espécie de ritual da fertilização para obter proteção da mãe natureza. Ele ficou comigo (no sentido bíblico da coisa!) e depois me deu um amuleto que serviria para me proteger. Na rua, recebi uma ligação do Bryce de um telefone público (ele sempre faz isso!) dizendo para eu fugir, pois os Tecnocratas rondavam o local. Confesso que isso me deixou confusa, afinal, de que lado ele está??? Apareceu mais cara pra servir de meu guarda-costas, é um Japa-Samurai-Eutanatos. O nome dele é Tetsuo (só que eu o chamo de Akira!)."
P.S.: Acho que mataram o coitado do Allan. Nunca mais tive notícias dele!"

10/06/97 - "O Fion foi capturado pelos Tecnocratas e eu e o Akira! Arriscamos nossas vidas para poder resgatá-lo. Só que em invés de ficar grato o Fion brigou comigo por eu ter me arriscado tanto. Pode?! Conheci um Hermético que está nos ajudando, ele se chama Aram Marangoudakis!"

15/09/97 - "O Fion nos levou provisoriamente para um lugar seguro, o Horizonte. É a morada dos Verbena e o lugar é repleto de viad... , cervos, árvores, música, dança e verbenas insuportavelmente felizes. Se ficar mais algumas horas nesse paraíso eu enlouqueço!!! Era só o que me faltava! Foi a gota d'água! Descobri que estou grávida! Como é que eu não percebi isso antes?! Como é que participei do ritual da fertilização sem me tocar das conseqüências?! O Fion nem gosta de mim! Para os Verbenas isso é lindo, mas para mim é o fim! Não quero esse filho! Fiz um trato com os Verbenas; eles aceleram minha gravidez e eu deixo a criança com eles. Eles que se virem com ela depois e eu vou embora. Será que estou no meu inferno astral?! O que mais me falta acontecer?! A única coisa boa disso tudo é que eu ganhei um Unicórnio azul do Fion. Eu adoro cavalos e meu unicórnio é agora tudo de bom que eu tenho. Não quero nem pensar em como irei abandoná-lo quando tiver que ir embora desse lugar."

local original: Players Tools
nome original: Diário de uma Maga
autor(es): Grimm
tradutor(es):

 Navegação Rápida