Descrição


Aviso: Mago: A Ascensão é um jogo. É um jogo sobre temas maduros e questões complexas. O material à seguir tem relação com este jogo. Como tal, ele não requer apenas imaginação, mas também bom senso. O bom senso diz que as palavras de um jogo imaginário não são reais. O bom senso diz que as pessoas não devem tentar realizar "feitiços mágicos" baseadas em uma criação totalmente derivada da imaginação de outra pessoa. O bom senso diz que você não deve tentar desvendar agentes do sobrenatural com inspiração em uma obra completamente fictícia. O bom senso diz que jogos são apenas para se divertir e quando eles acabam, é hora de colocá-los de lado.
Se você perceber que está distante do bom senso, desligue seu computador, afaste-se calmamente e procure ajuda profissional.
Para o restante de vocês, aproveitem as irrestritas possibilidades de sua imaginação.


"Não pense nem por um segundo que a pulsação do mundo foi silenciada. Nós a ouvimos o tempo todo; é nossa música e nossa lei. Somos os criados do Destino, e aceitamos tudo o que a vida nos oferece - mesmo que às vezes isso seja doloroso - e mergulhamos entusiasticamente em sua essência. Se nossas maneiras o assustam, talvez devesse perguntar a si mesmo por quê - é a nossa paixão que o assusta, ou a sua?"

A vida não foi feita para ser estéril e segura; as paixões que tanta gente teme são o que mantém nossa raça viva. Os Verbena arregaçam as mangas e encaram os prazeres e brutalidades da vida com determinação. Esses feiticeiros primordiais conhecem o poder destas paixões - e o quanto custa aceitá-las.

Nenhuma outra Tradição, com exceção talvez dos Oradores dos Sonhos, sofreu tanto quanto os Verbena. Sempre temidos, estes seguidores das Artes carnais foram vítimas de perseguições cruéis no fim da Idade Média. Rotulados como bruxos satânicos, os antepassados europeus da Tradição foram caçados, torturados e queimados. Já que os caçadores de bruxas dizimavam todas as ordens, uma Verbena, chamada Nightshade, pediu a união para acabar com a carnificina. A formação do Conselho dos Nove levou anos, mas mesmo depois dela ter acontecido a mania das bruxas demorou séculos para arrefecer. As Tradições nunca esqueceram as lições daquela época. Agora, eles treinam em segredo e tratam seus inimigos com severidade.

Embora os Verbena valorizem a vida acima de todas as coisas, seus modos não são tão gentis. Suas Artes - que utilizam sangue, sexo, dança e até mesmo sacrifícios ocasionais - são amedrontadoras, mesmo que se entenda o significado mais profundo de suas ações. Para os Verbena, a vida é uma alegria intensa, um grito de dor, a rebeldia e o êxtase misturados. A vida tem que ser contemplada de olhos abertos se você quer realmente entendê-la. As lendas dizem que, no início dos tempos, os Wyck espalharam a mágika pelo globo. Os Verbena traçam suas trilhas desde esses Despertos primordiais, cujo conhecimento influenciou as Esferas, os Protocolos e a própria Horizonte. Este legado, e as dificuldades que enfrentaram para mantê-lo, fazem dos Verbena um grupo farisaico e muitas vezes arrogante.

Isso não quer dizer que eles não tenham coração. Pelo contrário, os Verbena como um todo tendem a ser mais apaixonados, honestos e íntegros do que muitos outros magos. Seu credo - Luz e Trevas, unidos em Um - o que se Quer Será" - exige um compromisso com a vida em todas as suas formas. Independente das perseguições que sofrem, a maioria dedica-se a ajudar a humanidade a remover suas vendas enquanto ainda é tempo. Sua mágika, fortemente baseada na natureza, cura tão rapidamente quanto mata. Embora os Verbena possam ser desconfiados, eles são fiéis aos amigos que escolhem. Embora possam ser tempestuosos, normalmente são justos.

Este grupo prefere os métodos antigos. Muitos conversam em línguas arcaicas, vestem-se no estilo nativo ou medieval e valorizam a família e a honra. Os rituais Verbena baseiam-se nas festas da colheita e nos ciclos lunares. Embora muitas agregações de magos tenham rejeitado as formas antigas de sacrifício, algumas ainda as praticam quando é preciso. Aprender é importante para os Verbena. Sem história, ninguém poderá entender os ciclos do Destino nem avaliar o que foi feito por - e para - este grupo enigmático.

local original: Mago A Ascensão
nome original: desconhecido
autor(es): desconhecido
tradutor(es): Marcel Murakami Iha

 Navegação Rápida